Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um 31 inesquecível

por Luís Filipe Coimbra, em 04.02.11

Liedson conseguiu durante sete anos adiar o descalabro a que o meu Sporting chegou. Depois da saída  insólita de João Moutinho, ele era a última referência de um Clube que não é de bairro, nem de cidade, mas de Portugal.

 

OBRIGADO LEVEZINHO!

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Luis gonçalves a 05.02.2011 às 10:48


Com os Betinhos, a comandar o Sporting, só podia dar porcaria.Rua com esta gente,que  é muito pura no que diz respeito ao clube,e é "trapaceira" nos negocios privados. Não cremos nem uma coisa nem outra,o que não devemos ser é anjinhos...  A Roquete, que prometeu vitorias em 3 campeonatos num universo de 5,  lhe pedimos:Não  contamine o acto eleitoral.  Rogério Alves, andou ao lado do Presidente, como tal,não deve fazer parte da solução . O treinador Paulo Sergio,não tem carisma,mas não pode ser o alvo das criticas quanto a resultados.Acabar com o Conselho Leonino é urgente,impedem a dialética dentro do clube,reduzindo o debate a  Personalidades,cheias de dinheiro, pouca ideias e alguns, muitas vigarices... Esta ideia não é abraçada  pelo  do 31 da armada,porque têm o secreto desejo, de um dia também ostentar o penacho. 

Comentar post