Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




espantoso

por Alexandre Borges, em 24.03.11

Bastou um dia. Um. Ainda não há data para as eleições, a demissão do governo ainda nem foi formalmente aceite, e o PSD já perdeu a face nos dois maiores pecados que poderia apontar ao PS: querer resolver à crise à custa do aumento de impostos e não ter palavra.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De espantoso a 25.03.2011 às 11:48

O espantoso é o espantoso do título.
É espantoso que se possa considerar espantoso algo tão previsível e natural.
É espantoso que possa ter ficado espantado.
É espantoso ter esperado esperado algo diferente.
É espantoso ter contado com algo lógico e coerente.
Espantoso!

Comentar post