Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ao mesmo tempo que defende, quase com a vida, o nosso indefeso e inocente país dos ímpios e gelatinosos estrangeiros, o Eng. José Sócrates vai avisando a paróquia de que está com ganas de falar. E, pelos vistos, está muito zangado. Em dois dias, deram-lhe cabo do país – um país que ele mimou e ajudou a construir à sua imagem (moderno, desenrascado, obediente). Pelo meio, soltou uma interrogação que, confesso, me emocionou: «como foi possível fazerem isto ao país?».

 

Não, José: como foste tu capaz de fazer isto ao país?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Beirão a 25.03.2011 às 18:42

As objurgatórias que este 'iluminado' Pinto de Sousa não trará na ponta da língua de Bruxelas - agora  que foi chutado do poder - contra esta gentinha ingranta e estúpida que não reconhece a mão que lhe dá o pão!  Um  alucinado é o que a criatura é...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds