Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Porto já mexe

por Sofia Bragança Buchholz, em 03.04.11

Durante muitos anos, a baixa do Porto entristeceu-me. Ver o centro da cidade – literalmente – (de)cair era um cenário penoso e deprimente. Felizmente, com a revitalização da zona das galerias de Paris, esta tendência parece querer vir, progressivamente, a inverter-se.

Foi por isso com prazer que, juntamente com um grupo de bloggers, aceitei o convite da Porto de Ideias para ir ouvir, a semana passada, Pilar Monzon, Directora Geral do Hotel Intercontinental – Porto, Palácio das Cardosas, localizado em plena Avenida dos Aliados, falar desta unidade hoteleira que tem abertura prevista para Junho deste ano.

Fazia todo sentido, como acontece em todas as principais praças das grandes cidades europeias, existir nesta zona da cidade um hotel deste nível, bem como comércio e restauração de luxo. Ficámos a saber que o Intercontinental – Porto, Palácio das Cardosas assegurará estas três vertentes: nele, existirá uma galeria de lojas com as melhores marcas, um restaurante que promete um chef à altura, já para não falar nas instalações que tivemos a oportunidade de visitar, cuja decoração está a cargo de Alex Kravetz, um prestigiado designer de interiores russo que apresenta um trabalho caracterizado por uma elegância e luxo contemporâneos que perpassam todos os espaços do hotel.

Abrirá também ao público o Café Astória, homónimo do local de culto que outrora aí existiu.

Interessante foi saber que todo o trabalho de estuques, madeiras e artesanal foi feito na região do Porto e que o hotel criará 75 postos de trabalho directos.

Representando um investimento que ultrapassa os 30 milhões de euros, o Hotel será o primeiro hotel InterContinental em Portugal e o primeiro hotel de luxo internacional localizado em pleno Centro Histórico do Porto.

 

 

© Foto: Carlos Romão

 

Tags:


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De O Homem D'ontem a 03.04.2011 às 12:15


ora ai esta uma sugestao pa ir estoirar a indemizaçao do despedimento em putas e vinho verde (ou um tawny, pa nao passar por parvo)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds