Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Em resumo

por Ana Margarida Craveiro, em 14.04.11

No final do dia, as eleições são muito simples: queremos punir ou premiar o governo em funções? Estas eleições são sobre o PS, e a sua governação. E ou achamos que correu bem, ou que correu mal. É isto que está em causa.

 

1. Resumo dos desastres económicos, financeiros e sociais

 

2. O exemplo do dia: forças armadas não têm dinheiro para salários e pensões

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Lisboeiro a 14.04.2011 às 11:11

 Medidas para acabar com o deficit do Estado.Acabar com o exercito e vender todo o equipamento submarinos  incluidos. Passar todas as reformas no Estado que se efectuaram pelo ultimo salario, para 80%.No privado estes valores só eram atingidos ao fim de 40 anos de muito trabalho .Esta imoralidade ninguem comenta,porque Lisboa é uma cidade dependente do Estado.A Italiana Teresa Terminassian,ex. quadro do Fmi,tocou no ponto quando disse que os salarios no estado saõ elevados para o pais que somos. A função publica portuguesa é a mais bem paga da Europa senão do Mundo em função do Pib. Reduzir numero de deputados. No Estado ninguem pode ganhar mais do  que o presidente da Republica que já ganha muito para o pouco que faz... Estamos com o FMI,porque se calou.Nacionalizar a nivel de transportes a Tap. Quanto aos outros transportes,passes sociais,emitidos em função dos salarios.
Sem imagem de perfil

De Maria Rita a 14.04.2011 às 11:28


Nestas eleiçoes, vamos premiar Sócrates e o Ps pelo  esforço que dispenderam em varias areas da sociedade portuguesa, com resultados visiveis até antes da crise que levou os portugueses a renovarem-lhe a confiança para governar o pais.Premiar a direita que nada fez na oposição durante 5 anos. (não é por acaso as mudanças constantes de lider e daqui até junho estou convencido  que não ficam por aqui ) ,é o mesmo que uma familia  põr  pela porta fora  um chefe de familia, que deixou de contribuir por ter ido para o desemprego por culpa alheia. Como o Povo tem bom senso,estamos convencidos que para bem do Pais Sócrates vai continuar a governar o pais,com maioria absoluta,para não ter na rua  o PSD com PCP,Bloco e cgtp a contestarem reformas estruturais que foram boicotadas também no parlamento. 
Sem imagem de perfil

De Zé a 14.04.2011 às 11:45

Bom artigo de informação. E já agora que seja o governo e o partido que o sustenta, a indicar em primeiro lugar quais as medidas para tirar o país no estado em que o próprio governo nos colocou. E não esteja à espera que a oposição as apresente primeiro, para que "os salteadores" venham com as bombas de destruição maciça sobre as propostas dos outros.
Sem imagem de perfil

De sampy a 14.04.2011 às 14:21

Da próxima vez que os socráticos vierem com a cantiga do "Queremos ver as medidas do PSD", é tratar de informá-los: "A primeira medida já está decidida - accionar judicialmente todo o governo socialista por crimes contra a Pátria".
Sem imagem de perfil

De Isa a 14.04.2011 às 16:21

Muito bom. Nem mais.
Bjos, pá :)

Comentar post