Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O PS mentiu e continua a mentir.

por Afonso Azevedo Neves, em 14.04.11

Portugal teve o pior crescimento económico dos últimos 90 anos, mas Sócrates diz que a culpa é dos outros


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De hummming a 15.04.2011 às 04:22

Está equivocado(a). Eles andem aí a brincar é connosco, num é uns com os outros!
Porque os abutres internos já nos roeram a carne e os externos querem os ossos e o tutano, percebe?!

Basta ler na íntegra:

«(...) Isto não é política. São factos. Factos que andámos a negar durante anos até chegarmos a esta lamentável situação. Ora, se tomarmos em linha de conta estes factos, interessa perguntar: como é que foi possível chegar a esta situação? O que é que aconteceu entre 1995 e 2011 para termos passado termos de "bom aluno" da UE a um exemplo que toda a gente quer evitar? O que é que ocorreu entre 1995 e 2011 para termos transformado tanto o nosso país? Quem conduziu o país quase à insolvência? Quem nada fez para contrariar o excessivo endividamento do país? Quem contribuiu de sobremaneira para o mesmo endividamento com obras públicas de rentabilidade muito duvidosa? Quem fomentou o endividamento com um despesismo atroz? Quem tentou (e tenta) encobrir a triste realidade económica do país com manobras de propaganda e com manipulações de factos? As respostas a questas questões são fáceis de dar, ou, pelo menos, deviam ser. Só não vê quem não quer mesmo ver.
A verdade é que estes factos são obviamente arrasadores e indesmentíveis. Factos irrefutáveis. Factos que, por isso, deviam ser repetidos até à exaustão até que todos nós nos consciencializássemos da gravidade da situação actual. Estes é que deviam ser os verdadeiros factos da campanha eleitoral. As distracções dos últimos dias só servem para desviar as atenções daquilo que é realmente importante.»
http://desmitos.blogspot.com/2011/04/os-verdadeiros-factos-da-campanha.html

Mas há mais:

Um país de rabo entre as pernas
http://impertinencias.blogspot.com/2011/04/um-pais-de-rabo-entre-as-pernas.html

Comentar post