Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um «bom acordo»?

por Vítor Cunha, em 04.05.11

O primeiro-ministro anunciou ontem «um bom acordo para Portugal».

 

Considerando o que já se conhece do texto combinado com a «troika», e não apenas a verdade conveniente de José Sócrates, é necessário perguntar ao primeiro-ministro se o aumento generalizado e radical de impostos é «bom». E para quem? E porquê?

 

O Presidente da República afirmou rececentemente que «há limites para os sacrifícios que se podem pedir aos portugueses». Este acordo, pelo que se conhece, ultrapassa esses limites. 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De €€€€€€€ a 04.05.2011 às 16:45

Será que alguém seria capaz de calcular quantos euros terá perdido a RTP, que não deverá estar muito bem de finanças, para substituir um momento "prime" como o intervalo do Barcelona-Real Madrid com anúncios provavelmente já contratados pelo vergonhoso show do 1º ministro demissionário.
Sem imagem de perfil

De Ana Rita a 05.05.2011 às 11:06

Tem razão... foi um verdadeiro SHOW.Não é para todos,é a inteligencia ao serviço do Pais e dos portugueses.José, será novamente o PM de Portugal.
Sem imagem de perfil

De Ecotretas a 04.05.2011 às 17:31

Não se pode votar na Troika para as legislativas?
É que é o melhor programa de Governo que vi até agora!
Ecotretas
Sem imagem de perfil

De hummming a 05.05.2011 às 02:20

Bingo!
Sem imagem de perfil

De Herr Frederick a 04.05.2011 às 18:01


Para os Catrogas, Cantigas e gorduchos Nogueiras Leites foi um acordo muito mau, pois estes queriam que o apocalipse rebentasse neste mês de Maio.
Sócrates deu baile a todos.
Sem imagem de perfil

De Lisboeiro a 04.05.2011 às 21:30


Herr,estou consigo, .É um acordo melhor do que o da Grecia e Irlanda. recordo algumas medidas do acordo com a Grecia:Corte do subsidio de ferias e do >Natal para todos os funcionarios que ganhem mais de 3000 Euros.Quem  ganhar menos vai receber 250 euros  pela pascoa 250 no verão e 500 no Natal.Congelar todos os salarios da função publica até 2014.Cortes nos subsidios de natal e ferias a todos os pensionistas. São tantas as medidas que não vale a pena perder tempo.A direita está com dor de corno por não ser ela a aprovar este acordo.Socrates ao retardar o pedido de Ajuda,mostrou ao FMI e BCE a fragilidade dos resultados obtidos pela Grecia e Irlanda e com isso conseguiu um acordo mais favoravel.
Sem imagem de perfil

De xy a 04.05.2011 às 21:45

CAVACO não interessa, PASSOS muito menos...
Sem imagem de perfil

De aaa a 05.05.2011 às 11:04

Obviamente que o acordo seria muito melhor se voltasse a reduzir os salários da função pública. Obviamente que seria muito melhor se caçasse o 13º e 14º mês.

Comentar post