Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dia de "tiras"

por Sofia Bragança Buchholz, em 08.05.11

Simão o… o… ah!, "ganda", Simão, como eu te compreendo!

 

Ao entrar em casa da minha irmã, vejo o Simão sentado, à mesa da cozinha, a fazer os trabalhos de casa.
Pergunto:

 

 − Então, como é que vai essa vida?
E ele desanimado:
− A vida vai bem. O que dá cabo de mim são estes trabalhos de casa!


 

 

 

© Sofia Bragança Buchholz (Simão no Facebook: aqui)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Resumindo a 08.05.2011 às 23:49

Todos os portugueses trabalham

desde que não seja em casa

é por isso que somos bons emigrantes
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.05.2011 às 19:46

A este proposito vou vos contar o jantar com as minhas crianças um de 7 e uma de 9.
Todos os dias jantamos juntos, nessa noite estavam todos entusiasmados pois tinham requesitado pela primeira vez livros na biblioteca de uma escola publica.
Ele requesitou um livro "KNOJO", que fala de xixi, cócó, vómito, ranho, vomitado, macacos do nariz! Fiquei furioso, com o dinheiro dos meus impostos. De imediato disse que estava proibido de voltar a trazer aquelas porcarias e pus o livro no patamar para ser devolvido,
Ela requesitou o livro sobre familias, qual o meu espanto quando começamos a falar, corrigiu-me, não, não, as familias também são "pai-pai" ou "mãe-mãe", tentei explicar que isso acontece aos meninos com pais divorciados e demovê-la daquela ideia.
Quando se portam mal é costume na minha casa, chamar-lhes um grande palavrão! Estás a comportar em Silva Pereira", quando mente chamamos-lhe "José Socrates", agora amoam e choram se lhe chamamos estes nomes.

Comentar post