Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




os amigos são para as ocasiões

por Rui Castro, em 17.04.07

"António José Morais declarou ao Tribunal Constitucional que é titular de um depósito no valor de um milhão e 250 mil euros. Na declaração de rendimentos que entregou em 2005, após tomar posse como presidente do Instituto de Gestão Financeira e Patrimonial das Justiça (IGFPJ) - cargo para que foi nomeado através de um despacho assinado por Alberto Costa e José Sócrates -, Morais indicou também que tinha auferido 490 mil euros a título de "rendimento de trabalho dependente" em 2004." (Publico)

Depois de ter sido professor de Sócrates em 4 cadeiras na UnI, todas em 1996, tendo o aluno passado com distinção a todas elas, António Morais teve a sua recompensa. Ora, podem acusar Sócrates de falta de carácter, de ter mentido acerca do seu currículo, de ter entregue certificados de habilitações alegadamente forjados, etc., mas uma coisa é certa: Sócrates não deixa ficar mal os amigos.

Nota: deus (o outro) já havia referido a notícia do Publico ali mais em baixo.

Autoria e outros dados (tags, etc)