Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não percebo

por Nuno Gouveia, em 22.05.11

Não costumo seguir muito a política espanhola. Mas acreditei no que tinha lido nos media portugueses sobre as recentes manifestações em Espanha, e pensei que esta luta de uma "inteira geração" por uma "nova democracia", iria manifestar-se nas eleições de hoje (local onde em democracia o povo escolhe os seus líderes políticos). Com tal "força arrasadora" demonstrada nas diferentes cidades espanholas, pensei mesmo que os partidos próximos destas ideias, iriam obter uma vitória esmagadora. No entanto, leio que o PP está a ter uma grande vitória sobre o PSOE e as restantes forças de esquerda. Sinto-me enganado, mais uma vez, pelos media que fantasiam com a força de certos movimentos de extrema-esquerda, que afinal não têm assim tanta importância como lhes atribuem.  

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De uma multidão de jovens a 22.05.2011 às 23:40

a tapar as lojas e o sol nas portas assusta os velhos

e tal como cá a demografia é fundamental
Sem imagem de perfil

De O Homem D'ontem a 22.05.2011 às 23:45

a questão é que as pessoas que constituem esses movimentos nao vota.
tal é o desagrado com o sistema, que ja decidiram deixar de contribuir para o circo. como eu os compreendo. para mim hoje em dia quem vota sao as massas sem cultura, e os que acreditam no "dever civico" mas que nao sabem justificar porque. a politica e o futebol hoje em dia sao a mesma coisa, e adeptos ou eleitores, a difrença é minima. o ps corresponde ao benfica, e o psd ao sporting, mais coirato menos coirato. nao existe equivalente ao FCP porque ao contrario do futebol, na politica ninguem ganha.
Sem imagem de perfil

De Antonio Honorio a 23.05.2011 às 08:10

Ou, por outro lado, estamos enganados e, actualmente, quem defende a democracia é a direita e nao a esquerda. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.05.2011 às 23:45

A Dog Can Not Lie...
Sem imagem de perfil

De Jose a 23.05.2011 às 00:00

Eu estou do lado de cá e a vitória do PP espantou até o próprio PP. Somente em 3 capitais de província ganhou o PSOE, nem sequer na Extremadura ou Andalucia o conseguiu. Espero que isto influencie o que se vai passar em Portugal no dia 5.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.05.2011 às 00:07

O engano parte, essencialmente, de si próprio e do seu preconceito contra manifestações.
Quem lhe disse que se trata de extrema-esquerda?
Sem imagem de perfil

De A. R a 23.05.2011 às 00:20

Aquilo é gente que não vota, não tem vontade de trabalhar e gosta de tirar aos outros. Perante a falência do socialismo em Espanha querem ainda mais Estado, menos capitalistas, mais socialismo, mais democracia real e tal. São massas politicamente iletradas e fundamentalmente embaraçadas numa confusão ideológica lancinante lhes permite protestar contra eles próprios sem saberem.
Sem imagem de perfil

De manuel.m a 23.05.2011 às 00:29

"Os Partidos próximos destas ideias..."
Mas que ideias ?
Transcrevo uma passagem do livro de Tony Judt ,"Ill fares the land" (Amazon Kindle ) cuja leitura aconselho vivamente para que o Nuno não se sinta tão facilmente enganado:
"For thirty years students have been complaining to me that 'it was easy for you' :your generation had ideals and ideas,you believed in something,you were able to change things.'we' (the children of the '80s,the '90s,the 'aughts')have nothing.In many respects my students were right.It was easy for us...the last time a cohort of young expressed comparable frustration at the emptiness of their lives and the dispiriting purposelessness of their world was in the 1920s... if young people today are at a loss,it is not for want of targets...indeed the rising generation is accutely worried about the world it is to inherit.But accompanying these fears there is a general sentiment of frustration:'we' know something is wrong and there are many things we don't like.But what can we believe in ? What should we do ?..."
Já agora termino com o poema ao qual o Autor foi buscar o titulo do livro :
Ill fares the land
Ill fares the land,to hastening ills a prey
Where wealth accumulates,and men decay.

Oliver Goldsmith-The deserted Village (1770)

Enjoy!

manuel.m
Sem imagem de perfil

De ou o último gajo podia ter dito a 23.05.2011 às 00:55

que a praça de Tianamen desde os últimos anos do império manchu até 1980 e tal

teve dúzias de manifestações e massacres
Sem imagem de perfil

De Adolfo Dias a 23.05.2011 às 10:04

Grandes resultados em Euskal Herria!
Gora Bildu!
Nem PP, nem PSOE!
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 23.05.2011 às 11:53

"...your generation had ideals and ideas,you believed in something,you were able to change things..."


Pois, maoismo e outros esquerdismos assassinos.
É essa gente que hoje está no Poder.

Comentar post