Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




De chorar a rir

por Nuno Gouveia, em 28.05.11

Não há ditaduras de esquerda. Ponto final.

O ciclo de debates promovidos pela Associação 25 de Abril (A25A) e o Movimento 12 de Março (M12M) tem pelo menos uma utilidade: permite finalmente perceber a razão pela qual, para uma mulher de esquerda, não podem existir ditaduras de esquerda. Para ver aqui (a notável explicação dá-se ao minuto 5:40 mas, para quem conseguir aguentar, vale a pena assistir ao video inteiro).

 

André Azevedo Alves


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Bruno a 28.05.2011 às 02:40

A Esquerda tem esta tendência para fazer revisionismos históricos. Primeiro Mário Soares disse que o Estado Novo não foi uma República. Agora esta senhora diz que não há ditaduras de Esquerda. Por este andar, daqui a 50 anos vão dizer que Sócrates foi um bom governante.
Sem imagem de perfil

De kurtz a 28.05.2011 às 02:46

Menininha de esquerda, no estilo de Joana Amaral Dias e a Drago. Enfim, a minha verdadeira curiosidade é em saber se estas associações são apoiadas/subsidiadas pelo Estado Português?
Sem imagem de perfil

De jpt a 28.05.2011 às 05:11


Estava à espera de ir ouvir um Otelo de saias a justificar o injustificável, mas afinal parece que o André não percebeu o que ela quis dizer. É inútil qualificar uma ditadura, porque isso não a suaviza, logo não há ditaduras de esquerda. Nem de direita. Há ditaduras. Ponto final.
Sem imagem de perfil

De Alxarife a 28.05.2011 às 14:59

Alguem lucido por aqui!
Sem imagem de perfil

De Manuel a 28.05.2011 às 09:25

Aquele que aparece no minuto 8.40 não é o André Freire, o "politólogo" tão isento que a esquerda tanto gosta?
Sem imagem de perfil

De LeloDasTShirtsDoPartido a 28.05.2011 às 13:51

O mesmo politólogo que achou que Socrates tinha vencido PPC no debate. Como apreciou unicamente a forma e não o conteúdo, demonstrou porque razão estes "especialistas" são uma nulidade, mesmo como políticos.
Sem imagem de perfil

De LeloDasTShirtsDoPartido a 28.05.2011 às 11:53

Assisti àquilo que eu chamo de uma produção enorme de "vasilhame"...
Sem imagem de perfil

De sampy a 28.05.2011 às 12:46

Há que reconhecer alguma lógica ao argumento. Desde que se o use de forma abrangente. Assim, não há ditaduras de direita, nem ditaduras militares, nem ditaduras islâmicas, etc. A ditadura apenas instrumentaliza ideologias, instituições e religiões; de facto, a ditadura é o ditador: o que ele quiser pensar, o que ele quiser defender, o que ele quiser fazer, quem ele quiser perseguir.
Sem imagem de perfil

De sampy a 28.05.2011 às 12:56

Da minha parte, nada a opor a que a menina defenda (e esteja disso convicta) que a esquerda só é esquerda se for democrata. Que a esquerda não existe fora da democracia.
É claro que a menina não deve ter muitos amigos...
Sem imagem de perfil

De sampy a 28.05.2011 às 13:57

Aliás, eu espero sinceramente que quem ache risível o argumento da menina não defenda que a esquerda é geneticamente, ontologicamente, ditatorial e totalitária. Que a esquerda em democracia seja uma esquerda falsificada e travestida, que tal casamento seja apenas de fachada e só se entenda por oportunismo e calculismo, como uma mera etapa no assalto ao poder.

Que não me venham dizer: "Não há esquerda democrática. Ponto final."
Sem imagem de perfil

De MBO a 28.05.2011 às 14:06

"UM JUIZ EM CAMPANHA"


Diria mais: prendam a miúda nas televisões!


http://supraciliar.blogspot.com/2011/05/presos-ordem-das-televisoes.html
Sem imagem de perfil

De amendes a 28.05.2011 às 18:03

Não há " detergente" nem "lixivia" que desenfete a lingua desta gente...

 

Comentar post


Pág. 1/2