Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Havia um professor de Economia que trabalhava os temas do momento de um modo completamente distinto. Desassombrado. Com uma lógica irrebatível. Por causa dos artigos de Pedro Arroja fui compelido a ler Hayek pela primeira vez. Depois nunca mais parei. Com o meu amigo Marcos Sousa Guedes, o mais versado de todos nós nesta "boa nova", um grupo de rapazes ficava até altas altas horas da noite a discutir a forma liberal de encarar o mundo. Foi aí, julgo, que se moldou grande parte daquilo que sou.

 

CAA"


comentários

Sem imagem de perfil

De CAA a 24.04.2007 às 15:46

Caro Diogo Belford Rodrigues,

Sei que estou longe de acabari de cumprir a minha penitência.
Mas não é bonito pontapear alguém que se estatelou no chão.

CAA
Sem imagem de perfil

De DBH a 24.04.2007 às 18:04

Lá está V. Ex.ª com as metáforas violentas, a última vez que comentou um post meu foi para me ameaçar com uma bengaladas..

No entanto, parece-me, quem ficou no chão não foi o CAA.
Sem imagem de perfil

De CAA a 24.04.2007 às 23:50

Desculpe os erros (ortográficos também)

Comentar post