Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Coerência ou estupidez?

por João Ferreira do Amaral, em 22.12.11

Nunca aderi à corrente politicamente correcta dos que hoje elogiam a coerência dos comunistas portugueses. Eles continuam a ser os obtusos que sempre foram.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De João. a 22.12.2011 às 23:13

A direita de manhã apresenta um voto de condolências que simboliza um repúdio da ditadura soviética e à tarde vende o controlo de uma empresa pública - estratégica - ao PC chinês. E depois ainda temos de levar com estes boys a cagar sentenças.


 
Sem imagem de perfil

De Costa a 23.12.2011 às 11:10


Você, antecipou-se... Eu ia perguntar-lhe, no outro post onde temos trocado impressões, como me faria o favor de explicar esta atitude do PCP.

Isso depois de a propósito das purgas estalinistas que aí invoca, constatar, seguindo o seu raciocínio, que o PCP não as repúdia, afinal, apenas para não fazer a vontade à direita. Curioso como um partido tão coerente, tão heróico, tão justo, tão humanista, certo da sua razão, submete essa questão - a de um tipo que mandou matar, diz-se, ainda mais gente que certo cabo austríaco - ao juízo potencial da infamante direita.

Por analogia, deduzo, vocês, lamentam profundamente a morte de Havel, louvam exaltadamente o seu exemplo, nunca aceitaram a agressão soviética em Praga há umas décadas, mas não o podem dizer para que não sejam colados - insuportável humilhação - às forças da direita e ao "pacto de agressão".

Certo, entendido.

Costa

Ps.: saiba que também eu lamento a venda aos chineses. Mas não esqueço que as razões que levaram a essa venda têm os seus alicerces primeiros na destruição da economia portuguesa, nos idos do PREC, pelas mãos dos comunistas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds