Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ainda a cópia privada

por Rodrigo Moita de Deus, em 23.01.12

Guardo este comentário sobre o assunto. E até compreendo. Mas não estou a discutir se são cinco ou dez centimos. Se é sobre as máquinas de fotocópias industriais ou sobre todas as máquinas de fotocópias. Isso é forma e trabalho para os deputados. O que me chateia ver discutido e dminuido é a questão da propriedade intelectual. O valor que damos à criação e às ideias. Tipo país do terceiro mundo. Haja acordo nesse princípio e tudo o resto tem solução.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Tiago Azevedo Fernandes a 24.01.2012 às 00:33

Mas o que é que a #pl118 tem a ver com a Propriedade Intelectual? A proposta em causa quer criar uma taxa sobre suportes de memória, não está em discussão o âmbito ou a protecção da PI! Essa taxa supostamente reverteria a favor dos autores (quais? como? em que proporção?), mas em nada altera o regime da PI. Tem também um pressuposto errado e abusivo: o de que essa memória vai albergar _legalmente_ conteúdos sujeitos a direito de autor (conforme a lei já permite, portanto). Acontece que eu não quero pagar direitos de autor ao comprar o cartão de memória para a minha própria máquina fotográfica, e coisas do género.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds