Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ainda a cópia privada

por Rodrigo Moita de Deus, em 23.01.12

Guardo este comentário sobre o assunto. E até compreendo. Mas não estou a discutir se são cinco ou dez centimos. Se é sobre as máquinas de fotocópias industriais ou sobre todas as máquinas de fotocópias. Isso é forma e trabalho para os deputados. O que me chateia ver discutido e dminuido é a questão da propriedade intelectual. O valor que damos à criação e às ideias. Tipo país do terceiro mundo. Haja acordo nesse princípio e tudo o resto tem solução.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Joaquim Amado Lopes a 24.01.2012 às 21:02


Rodrigo, quanto mais escreve sobre este assunto mais demonstra que não tem quaisquer argumentos válidos para defender a sua posição.


O valor dos livros que o Ridrigo escreve é o que o Rodrigo lhes quiser dar. 
Acha que deve ser compensado por quem os compra ter o direito de fazer cópias privadas? Aumente o preço de capa no valor que achar justo.


Mas o argumento "eu quero é receber mais dinheiro, os outros que decidam de onde vem e não me interessa se quem paga lê os livros que escrevo" só merece um epíteto: patético. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds