Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




descubra as diferenças

por Alexandre Borges, em 25.01.12

11 de Agosto de 2011

José Silva Rodrigues: "A fusão entre a Carris e o Metro é uma coisa sinistra."

 

24 de Janeiro de 2012

José Silva Rodrigues: "Estou disponível, como sempre estive, para servir o Estado." - Presidente da Carris não descarta integrar uma futura administração da empresa que resultar da fusão entre a Carris e o Metro de Lisboa


comentários

Sem imagem de perfil

De Nelson Mendes a 25.01.2012 às 13:30

É claramente um gestor público com as características para ter sucesso no nosso sector empresarial. A expressão "adesivo" vem-me à ideia. 
Sem imagem de perfil

De Antónimo a 25.01.2012 às 14:45

Está claramente na senda do Prof. Pentelho !
Sem imagem de perfil

De Também estou disponível a 25.01.2012 às 19:28

Posso informar que estou ainda mais disponível que o senhor Silva e que não acho sinistra a fusão do que quer que seja. Mais, se quiserem também posso acumular a direcção da TAP, EDP (parte portuguesa), RTP (se prometerem que não a vendem), CGD (posso administrar a título honorário, pois à semelhança de outros, também percebo pouco de economia), o Pingo Doce (parte dos doces, vinhos, carnes  e mariscos), o jardim Zoológico (mas só da parte da tarde) e alguns cinemas da Lusomundo.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 26.01.2012 às 11:43


"Private Dancers (http://fiel-inimigo.blogspot.com/2012/01/os-private-dancer-da-iii-republica.html)", ahahahah

Comentar post