Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O milagre da multiplicacao dos sindicalistas

por Afonso Azevedo Neves, em 12.02.12

100 mil fieis no Terreiro do Paco

 

100 mil professores

 

 

CGTP - 300 mil!

 

As contas sao faceis de fazer: A praca tem cerca de 150mx150m, o que da uma area de de 22.500 m2, a qual esteve longe de estar totalmente ocupada.

 

Se considerarmos 4 pessoas por cada m2 - mais ou menos a ocupacao do metro durante a hora de ponta - percebe-se que a manif reuniu a volta de 50 a 60 mil pessoas.

 

Para a proxima nao sejam timidos e digam logo 1 milhao.

 

(ja sei que o texto nao tem acentos mas e do teclado)

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Imagem de perfil

De jojoratazana a 12.02.2012 às 01:57

O meu maior prazer é ver o pânico daqueles, que não querem o povo na rua a lutar pelos seus direitos.

Então não perco o arraial de comentários os balidos de pavor de uma carneirada, em parte mansa e inculta e outra agarrada á teta da vaca que lampeiramente vão sugando.

Mas quando vêem o povo que não baixa os braços e luta pelo seu país, contra este bando de vampiros que tomou conta do governo nos últimos 30 anos, é ver as anilhas e bujões destes mamões em brasa porque lhes querem ir ao pito.

Então é velos pelos blogs do regime, pelas caixas de comentários da imprensa manipulada e arranjista que eles tanto amam, deitando labaredas pelas ventas e encostando o cu às paredes, com medo que um dia lhes peçam as contas.

Sem imagem de perfil

De Nogueira da Costa a 12.02.2012 às 02:34


Com todo o respeito (que lhes é devido) carneirada mansa e inculta é quem vai na cantiga desses pseudo-sindicalistas, que pensam que ser sindicalista é como ser adepto de um clube de futebol.


E povo a lutar pelo seu país? São como cães enfraquecidos por carraças, que até ferram ao dono quando este as quer arrancar. Porque o que dói é arrancar, quando as carraças treparam e começaram a chupar - quando os governos passados aumentavam a despesa e levavam a dívida a níveis astronómicos - não havia manifs, não havia revoltados, nenhum destes "sindicalistas" estava preocupado com os trabalhadores que haviam de pagar no futuro. Agora mau é quem é suficiente maluco para tentar dar a volta à situação.
Imagem de perfil

De jojoratazana a 12.02.2012 às 12:35

Onde viveu nos últimos trinta anos?
Em Portugal não foi de certeza, ou então esteve a dormir.
Caso contrário não escreveria o que escreveu, pois é uma mentira pegada.
Sem imagem de perfil

De jojoratazana a 13.02.2012 às 12:43


Eu trabalhei trinta anos nos esgotos, mas nem por isso fiquei com a cabeça cheia de merda.
É congénito.
Imagem de perfil

De jojoratazana a 13.02.2012 às 20:15

Cailliomachas


Só o adquirires criminosamente o pseudónimo dos outros, demonstra bem a tua porca inteligência.
jojoratazana, só por viver no meio de tantos ratos nojentos, como tu.
Imagem de perfil

De Afonso Azevedo Neves a 12.02.2012 às 10:10

o seu maior prazer e ver o panico nos outros? Pobre arremedo de psicopata.
Imagem de perfil

De jojoratazana a 12.02.2012 às 12:41

Mas não sou ladrão, nem nunca vivi do trabalho dos outros.
Já o senhor nem arremedo de psicopata é, mas configura na perfeição um cleptocrata.
Imagem de perfil

De jojoratazana a 12.02.2012 às 13:06

Entrar em contacto com o Afonso para:

Oportunidades de carreira,ofertas de consultoria, novos 
empreendimentos,consulta de empregos,solicitações de conhecimento, acordos de negócio, solicitações de referencia, retomar um contacto.
Neste blog pelos vistos desde o Sr. Afonso ao Sr. Rodrigo o trabalho deles é serem facilitadores de negócios.
Dai a sua alta contribuição para o PIB, e para o elevado grau de endividamento da nossa economia.
E como é normal o seu ódio ao sindicalismo.
Sem imagem de perfil

De jojoratazana a 13.02.2012 às 12:44

Eu sou sindicalista há 90 anos e sou membro do partido há 89.
Imagem de perfil

De jojoratazana a 13.02.2012 às 20:22

Cailliomachas


Tu não passas de um facilitador de negócios como tantos outros que por ai vivem.
Olha em suma um aldrabão.
Que como usurpas o meu pseudónimo, vives do que vais roubando.
Precisas de acompanhamento médico, e de uma investigação há tua conta bancária.
A mim podes provocar o mais que te pode acontecer é levares um morteirada nos cornos.
Mas focinho a focinho.
Sem imagem de perfil

De Drácon a 12.02.2012 às 02:31

Pelas suas contas, daria 90.000 pessoas (22.500x4)...
Reveja lá a multiplicação...
Imagem de perfil

De Afonso Azevedo Neves a 12.02.2012 às 10:08

com a praca cheia claro e nao me parece ter sido o caso, mesmo assim de 90 mil para 300 mil vai um bocado ou nao? Enfim.
Sem imagem de perfil

De J a 12.02.2012 às 02:44

Não tem mais do que 50/60 mil pessoas, e estou a ser simpático. Basta pegar no Google earth e fazer contas.
Imagem de perfil

De trigueiral a 12.02.2012 às 02:51

Há por aí umas fotos em que se vê o Terreiro do Paço cheio de manifestantes e se vislumbra também a Rua Augusta repleta de gente dessa...


Aliás, por volta das 16,35 H da tarde,  as imagens em directo dos canais de notícias também já mostravam o mesmo.


Se isso ajudar nas contas, não será dificil comprovar o que digo. Mas se é para continuar a insistir que não esteve lá práticamente ninguém, então não valerá a pena...
Sem imagem de perfil

De fascistón, el grande a 12.02.2012 às 08:24


Aquela praça cheia, mesmo cheia, era nos discursos do 28 de Maio, proferidos pelo Professor Salazar. Até em cima do D. José havia gente. E não se ocupava espaço com estrados, porque ele falava da varanda, está bom de ver.

Coitados dos commies. Eles bem se esforçam, mas... não chegam lá! O pote das bolachas está muito alto, nem em bicos de pés lá tocam.
Sem imagem de perfil

De A. R a 12.02.2012 às 10:56

A tralha dos chupistas sindicalistas e os idiotas úteis não seriam mais de 50 000. Houve ordens do capos para a malta se manter dispersa, dispersão que é aliás evidente das imagens.


A CGTP clone do PCP e dos borguistas está em declínio: esperneiam e quanto mais esperneiam mais vemos que são tralha velha com mais de 100 anos e responsáveis por milhões de trabalhadores mortos pela fome e miséria.
Sem imagem de perfil

De Samuel a 13.02.2012 às 19:08

Escrever de gatas deve ser difícil...
Sem imagem de perfil

De Eu queria ir mas já não havia lugar a 12.02.2012 às 11:32

Enquanto isto os sindicalistas vão vivendo à grande, em festinhas e comícios com a carneirada a pagar. Gostava de saber quanto custou esta brincadeira, sabendo que estavam cerca de 369.000 pessoas (esqueceram-se de aplicar o IVA)? Porque uma concentração de 500.000 pessoas não deve ser coisa para meia dúzia de "aéreos", quanto mais 750.000!
Uma coisa é certa, 1.000.000 de pessoas já muito para o trânsito de Lisboa. Para a próxima façam-no num monte do Alentejo, tenho a certeza que estas 1.500.000 pessoas ficariam "à vontadinha".

Vão trabalhar malandros! Há muito desempregado que gostaria de ter as vossas desgraçadas mordomias.
Sem imagem de perfil

De Samuel a 13.02.2012 às 19:10

E conseguiu escrever isso tudo enquanto fazia punhetas aos patrões?! Fantático!
Sem imagem de perfil

De TLD a 12.02.2012 às 12:45

Por mais que tentem suavizar o Passos Coelho sofreu uma pesada derrota. Este governo caminha a passos largos para a sua desintegração. É bem feito! Agora vão sofrer as consequências da sua inépcia.
Sem imagem de perfil

De Tb fui, mas só arranjei lugar no Rossio a 12.02.2012 às 13:25

Que derrota? Por causa do piquenicão comunista de ontem? Ahahahah, essa é boa.
 
Sem imagem de perfil

De Eleitor a 12.02.2012 às 13:16

Pesada derrota do PC? Então as sondagens que continuam a dar-lhe a maioria?
Sem imagem de perfil

De Algarve a 12.02.2012 às 14:28


E esses gajos nem sequer trabalham no dia de carnaval.Se fossem de Alcoutim ou de Faro tinham sido bastante apoidos pela discriminação que estão a ter por terem presidentes de camara que querem a qualquer custo serem primeiros ministros.Começam logo mal,em presidentes de camara já fomentam desigualdades entre os Lisoetas e Algarvios,se fossem primeiros ministros o que é que fariam?Os Algarvios morriam á fome e trabalhavam em regime de escravatura e os LIsboetas trabalhavam só á quarta feira!Vale tudo,espezinhar todos para serem primeiros ministros!

Comentar post


Pág. 1/2