Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




o apoio do estado ao cinema

por Rodrigo Moita de Deus, em 19.02.12

Os ursos de ouro vão custar uns milhões valentes aos contribuintes.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.02.2012 às 12:58

Ao menos estes foram bem gastos...
Sem imagem de perfil

De Luis Vintem a 19.02.2012 às 13:49

O cinema português custa zero aos contribuintes. Não é financiado pelo Orçamento do Estado mas sim pela verba resultante de uma taxa de 3,2% sobre os lucros da publicidade televisiva.


Qualquer semelhança entre isto e o BPN ou a transferência do fundo de pensões da banca é pura coincidência.
Sem imagem de perfil

De Rafael Ortega a 19.02.2012 às 15:40

"Não é financiado pelo Orçamento do Estado mas sim pela verba resultante de uma taxa de 3,2% sobre os lucros da publicidade televisiva."

As empresas não são também contribuintes?

Sem imagem de perfil

De o carnaval são 2 dias a 19.02.2012 às 17:49

se vai por aí, já agora diga uma só actividade que não seja "financiada pelos contribuintes". 
ele há cada um.
Sem imagem de perfil

De Respúbica a 19.02.2012 às 14:39

Toma e embrulha...
Sem imagem de perfil

De p D s a 19.02.2012 às 16:37

Tu é que  com estes posts davas um bom filme... "com Urso" e tudo !
Sem imagem de perfil

De Euskadi a 19.02.2012 às 17:05

OH Rodrigo vai para a puta que te pariu , besta do caralho 
Sem imagem de perfil

De Licinio O. a 19.02.2012 às 17:51


No caso de "Tabu" 60% do financiamento é sim portugues, mas privado, 0% é financiado pelo estado portugues e 40% financiado pelos orçamentos de estado de Alemanha, Brasil e França.
Sem imagem de perfil

De tric a 19.02.2012 às 19:41

" Os ursos de ouro (http://aeiou.expresso.pt/dois-premios-para-portugal-e-urso-de-ouro-para-italia=f705512)vão custar uns milhões valentes aos contribuintes. "
.
e ainda não acaram com as parcerias publico-privadas!!?? é só ursos...

 

 
Sem imagem de perfil

De tric a 19.02.2012 às 19:43

ja tivemos e temos meninos de ouro...Socrates e actualmente, o seu clone, Passos Coelho...temos um Rabi de Ouro...e agora temos ursos...nada de novo, portanto!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.02.2012 às 19:50

Oh Rodrigo, andas a beber?! Ou isto é mesmo fruto de a tua mente estar cada vez mais distorcida com esse enorme esforço que fazes a ganhar o pão (de ló) de cada dia a dizer bem do governo (porque o governo continua a ser o teu principal cliente na tua agência de comunicação, não é?). Onde estão os milhões que o contribuinte português pagou para estes filmes? os contribuintes alemães, por exemplo, pagaram e não consta que tenham achado mal empregue o dinheiro. Portanto, o estado não deve gastar dinheiro a apoiar a arte portuguesa, mesmo a premiada; deve gastar apenas a pagar a empresas de comunicação, não é? Isso, sim, é dinheiro bem gasto!
Sem imagem de perfil

De tric a 19.02.2012 às 21:49

A arte judaica-jacobina, que paguem os Judeus e os Maçons...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.02.2012 às 00:20

Mas tu pagaste alguma coisa, oh pateta?! E não digas mal dos judeus que os sionistas são quem dá cobertura a existencia de atrasados mentais como tu. Cá por mim punha-vos a cavar no alentejo; podia ser que fizessem algo de útil.
Sem imagem de perfil

De Samuel a 19.02.2012 às 23:48

Ó Moita... essa insistência cega num argumento já tantas vezes desmontado, como é essa mentira farsola do "dinheiro dos contribuintes" no cinema, é resultado de falta de honestidade, ou debilidade mental?

Comentar post


Pág. 1/2