Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




graçolas de oportunidade II

por Rodrigo Moita de Deus, em 21.02.12

PS tem "pontos de vista bem divergentes" da troika


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Imagem de perfil

De Jose Manuel Barroso a 21.02.2012 às 11:50

Que engraçado, o próprio Socrates hoje não assinaria, diz ele. Ainda vamos ver o gajo, numa aula em Paris, a lamentar-se porque, tadinho, foi violentado para assinar o acordo com a troika. Banqueiros e empresários favorecidos? Tomara, não vi nada disso ainda. O Sócrates mamou na teta da banca até exauri-la, para sustentar a sua demencia política. As empresas públicas, que ele obrigava a gastar para sustentar a sua política eleitoral, mamaram na teta da banca, até exauri-la. Quem dá agora crédito para as empresas manterem postos de trabalho e criarem riqueza? Custa muito uma liçõezinhas básicas de economia, para não dizer disparates? Esse blabla de Arménio Carlos é como a cassete do Cunhal: já enjoa enganar os portugueses.

Comentar post