Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




The Iron Lady: segundas impressões

por Francisco Mendes da Silva, em 22.02.12

O envelhecimento é a forma que a vida tem para se vingar do descaramento com que existimos. É um desforço silencioso, que nos vai lentamente afastando do que fomos. The Iron Lady é também um filme sobre esse contraste. A mulher que não pode andar na rua sozinha não é a mesma que promoveu a Liberdade. A mulher resumida às paredes de sua casa não é a mesma que ajudou a derrubar o Muro de Berlim. A mulher a quem só um fantasma é leal não é a mesma que confiou a partilha do poder em quem a traiu. A mulher senil não é a mesma que fez das ideias a força da sua vida - a mulher que ia de Hayek para os conselhos de ministros e dizia: “Watch your thoughts for they become words. Watch your words for they become actions. Watch your actions for they become habits. Watch your habits, for they become your character. And watch your character, for it becomes your destiny. What we think we become”.

 

(também no Contra Mundum)


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

líder segundo sou ares....

a Merckel que é nitidamente menos anti-eurropa obviamente é uma gaja que nã tem esse perfil imperialista e belicista

se a Tatcher defendeu a liberdade foi a liberdade
de passar de trabalhador num sistema económico demodé 
a subsidiado permanente Belfast 430 mil antes de Tatcher 350.000 e descendo quando John Major chegou

Birmingham bairros sociais 300% de aumento

Manchester 250% uma multidão de subsidiados que pilham lojas e cometem crimes é o legado de Margie...

isso e os filhos que nunca apanharam o justo castigo prós negócios de alto calibre que fizeram à sombra da mãe 

Controlou os sindicatos e a inflação, mas a que preço?
construiu uma Great Brit...de serviços e de futura ruína  
Sem imagem de perfil

De Agora pegar em meia dúzia de paroles a 22.02.2012 às 19:52

que foram escritas para a Margie debitar

nã me parece que tenham sido o melhor
a humilhação pública dos seus cabinet ministers e a demissão de um deles que levou à sua queda
e os seus antagonismos pessoais com quem lhe fazia frente ou calhavam servir de exemplo...era melhor

aqui tivemos um tal de general garcia dos santos e...um político do mesmo jaez (mais pequerruchinho mas que também criou um culto de personalidade que o fez grande enorme gargantuescu quase son ami ceausescu)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds