Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Querido líder

por João Ferreira do Amaral, em 25.02.12

Revelou toda a sua coragem e o seu espírito democrárico ao permanecer no cargo de coordenador, depois do povo ingrato ter tido a desfaçatez de mandar para o desemprego metade do grupo parlamentar do BE.

Com o seu grande talento para dar lições às massas, vem agora exortar o povo a usar da mesma "coragem" para "despedir a troika". Ou seja, prescindir do dinheiro para pagar salários dos funcionários públicos, pensões, etc. e acabar com os bancos. Enfim, ficarmos uma espécie de ... coreia do norte.

 

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De venho informar sua senhoria a 25.02.2012 às 21:26

que pelo menos tem um fã...(juro pelas alminhas que nã sou yo...que nã sou nem fã nem tenho fanum de predilecção...)
 
De Nuno Gaspar a 23 de Fevereiro de 2012 às 19:35
É preciso agradar a quem nos empresta dinheiro e é preciso que os actores políticos estejam em condições de criar confiança aos seus representados. Tomemos dois exemplos: A situação económica actual foi prevista com rigor, minúcia e correcção pelo Professor João Ferreira do Amaral. As suas reservas à moeda unica foram ignoradas por muitos dos decisores no activo. Por outro lado, um dos principais responsáveis pela cavalgada à rédea solta dos bancos, envenenados pelo juro barato, foi Victor Constâncio. Nada fez, nada disse, que trouxesse prudência aos mercados financeiros. Não pode ser. Quem fez mal as contas à primeira tem mais probabilidade de falhar à segunda do que quem acertou. Se falam em simbologias, é um mau sinal premiar quem errou e não prestigiar quem estava certo. Professor Ferreira do Amaral ao BCE. Já!
Sem imagem de perfil

De se até os zimbabuezianos conseguem a 25.02.2012 às 21:31

produzir papel higiénico na forma de notas

e os americanos idem (mas vendem-no só a milionários é o mark thing)

nã vamos nós con kista dores do mundo e do além

o alarme tá a tocar deve ser mais um em busca de moeda forte ...

que nã con seguimos ultrapassar esses principiantes

logo ó beirão tende fé...que notas nunca nos hão-de faltar

talvez falte é a energia eléctrica mas descanse
imprime-se à mão..
Sem imagem de perfil

De desde que chova há papel o peor é....se a 26.02.2012 às 01:08


ð  Os valores da quantidade de precipitação observados em Dezembro variaram entre 21.0 mm em Sines e 96.8 mm no Porto; em relação à média de 1961-1990 os valores variaram entre 19% em Setúbal e 60% em Mirandela.....em 2004  Os valores da precipitação neste período, muito inferiores aos valores médios, permitem classificar este período como muito seco a extremamente seco.

Comentar post