Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Depois do turismo religioso, turismo de desporto, turismo de saúde econturismo e outros, chega finalmente o turismo fascista. Proponho, desde já, um roteiro que podia começar na António Maria Cardoso e acabar no tarrafal.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Paulo barata a 15.03.2012 às 18:12

Caro Rodrigo, Não percebo a sua ironia...creio que o  exemplo não é mais do que o aproveitamento daquilo que o Porter (Michael) identificou como "cluster". Uns têm a cortiça, outros os vinhos, a natureza, os monumentos...e outros, aproveitam as suas figuras. Já agora em relação ao Tarrafal, creio que o local já faz parte dos roteiros turísticos do Sal...; E, em tempos de crise, com a necessidade a aguçar o engenho....até personagens como Salazar, que em vida não tinha como prioridade absoluta a qualidade de vida das populações, possa agora prestar esse serviço....se resultar, why not?
Rodrigo, prossiga nesse fabulástico trabalho de demolição de uma certa esquerda, a mesma que ficará certamente com pele de galinha com a iniciativa dos "pobres de Santa Comba"...se fosse usada a memória do Ché, aí tudo estaria bem....
Abr, Paulo

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds