Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Insustentável Peso da Solidão

por Sofia Bragança Buchholz, em 17.03.12

 

Fui ontem ver o "Shame". Um filme sobre a solidão, como um homem e uma mulher a (sobre)vivem. Ele, refugiando-se atrás da frieza de um escudo e de um falso equilíbrio que o faz parecer intocável, mas a todo o momento capaz de ruir ao mais pequeno toque. Ela, implorando afecto, autodestruindo-se para sobrepor a dor física à emocional, ou mesmo acabar com ela de vez.

Um filme sobre a dificuldade de comunicação: a incapacidade dele em verbalizar emoções, de as aceitar, de as reconhecer, até, e o exagero dela em manifestá-las, em mendigá-las. Duas pessoas sós, tão sós, dois irmãos perdidos na impotência de um abraço quando é, tão só, isso o que ambos precisam.

 

Tags:


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds