Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




...

por Rodrigo Moita de Deus, em 22.03.12

Hoje não era o dia da greve geral?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Qual é a novidade? a 22.03.2012 às 13:19

Essa alegada falta de visibilidade só vem confirmar que são muitos os bem instalados no regime e no sistema. 

Assim como são muitos os que odeiam qualquer coisa que signifique que há quem não se fique.

E alguns, que são até capazes de fazer estas tentativas de humor, à custa das tremendas condições de vida que levam trabalhadores a fazer greve, num cenário em que mais de um milhão de portugueses desempregados já nem greve pode fazer…

Mas descanse. Não faltarão canalhas para achar muita graça à sua gracinha.

Imagem de perfil

De António Pinto a 22.03.2012 às 14:23


E ora aqui está o primeiro dos canalhas que acha piada à gracinha. A CGTP decidiu, quando poderia ter renovado pessoas e ambições, continuar pelo trilho do comunismo caceteiro, completamente alheia à mudança de vontades e ao crescente estabelecimento de novas formas de organização e relações de trabalho. Para estes fossilizados líderes sindicais, as temáticas laborais são as mesmas que começaram a ser levantadas aquando da Revolução Industrial.


Este deslocamento psicótico da realidade, a par com a banalização do conceito de greve promovido por esta pesada e poeirenta intersindical, só podia resultar na total indiferença das pessoas que realmente trabalham e que não têm tempo para envergar coletes vermelhos e enfardar uns torresmos à porta das empresas.
Imagem de perfil

De latemdias a 22.03.2012 às 15:35

Só pergunto que noção da realidade do pais pode ter uma pessoa que desde 1985 não produz nada e até aí pouco produzia.
Sem imagem de perfil

De Samuel a 22.03.2012 às 17:47

ó latemdias... mas por que diacho é fez agulha para o Passos Coelho?  :-)  :-)
Sem imagem de perfil

De Euskadi a 22.03.2012 às 19:28

RESSABIADO
Imagem de perfil

De António Sousa Leite a 22.03.2012 às 21:31

Não, Rodrigo, está enganado: esta era uma "Greve Nacional". São coisas diferentes! Não sei em quê, mas são...

Comentar post