Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




não acham estranho?

por Vítor Cunha, em 11.04.12

A máquina por vezes produz monstros. Uma mentira repetida transmuta-se com facilidade.

 

Não acham estranho que duas pessoas respeitáveis, como Maria de Lurdes Rodrigues e Isabel Alçada, garantam que não houve derrapagens na Parque Escolar? E se têm razão? E se o Tribunal de Contas (mais uma vez) tivesse ajuizado mal? E se o Tribunal de Contas se tivesse limitado a fazer uma interpretação pouco rigorosa dos factos? 

 

Quem guarda o guardião?

 

Não sou um leitor apaixonado das decisões do TC. Mas já vi monstruosidades concluídas por técnicos incompetentes a darem origem a muita malfeitoria. Fica a hipótese.

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Carlos a 11.04.2012 às 11:53

O que eu sei é que na Assembleia a Lurdinhas chegou para todos, e ninguém a desmentiu...
Sem imagem de perfil

De johnny bravo a 11.04.2012 às 12:06

se a lurdinhas é respeitável ou não eu não sei.
sei que é politica. sei também que não iria desdizer-se e por isso o projecto parque escolar é o máximo.
o tribunal de contas tem agido bem, dentro dos limites da lei. esta não serve e isso ninguém discute...
preferimos (mais uma vez) discutir a autoridade, em vez da razão da autoridade...

 
Sem imagem de perfil

De Respúbica a 11.04.2012 às 14:57

E... quando o Tribunal de Contas falou sobre os Sobreiros ?
Quê ?
E dos Submarinos quê ?
Ainda está para vir alguém que seja mais honesto que eu !
Sem imagem de perfil

De José Rocha a 11.04.2012 às 15:42

Só entendendo as suas palavras como ironia a sua opinião faz sentido! É que as derrapagens não são opiniões das entidades fiscalizadores, são factos, números! Tal como as escolas que podem ser visitadas e onde será possível verificar verdadeiras parvoíces como, por exemplo, em Matosinhos e Leça da Palmeira (zonas muito ventosas) terem os blackouts eléctricos (que luxo!) e em tela, a funcionarem no exterior das janelas, estando numa dessas escolas vários estragados ao fim de poucos meses de actividade. 
E quanto à respeitabilidade das duas ex-ministras, pouco contará. São parte interessada (e de que maneira!) nos excessos que Portugal não podia comportar. E as suas declarações só lhes retiram respeitabilidade, pois esta é proporcional à responsabilidade que demonstraram não ter desrespeitando a lei e a obrigação de serem parcimoniosos nos gastos de dinheiros que não são seus, mas sim do Povo.
Sem imagem de perfil

De Antónimo a 11.04.2012 às 16:44

O PP, teve cá uma parcimónia a empachar o caso dos submarinos....
Sem imagem de perfil

De Q a 11.04.2012 às 19:16

Eu por mim acho estranho.
Que estas senhoras não estejam já a responder em Tribunal.
 
Por outro lado, não.
Estranho seria haver alguém responsável em Portugal, a não ser os Zés Ninguém a quem se exigem todas as responsabilidades.
 
Sem imagem de perfil

De efe a 13.04.2012 às 22:41

«Mas já vi monstruosidades concluídas por técnicos incompetentes a darem origem a muita malfeitoria. Fica a hipótese.» Deve referir-se a alguma excepção, e o que nos interessa é a regra, que é aquilo que temos em acumulado para pagar. A Parque Escolar é uma fraude. Um esquema corrupto lançado e gerido por corruptos. Quando a obra de alteração de uma Escola Secundária é orçamentada por valor superior ao da construção de uma escola nova com o mesmo número de salas está tudo dito. Aconteceu na minha cidade de província, e acredito que seja verdade a multiplicação deste caso por muitas outras localidades do país. Quem defende a Parque Escolar ou é ingénuo ou corrupto.

Comentar post