Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Coisinhas simples.

por Rodrigo Moita de Deus, em 20.05.12
Miguel Relvas lida com jornais e jornalistas há mais de uma década. Se fosse pessoa para fazer o que acusam já todos teríamos dado por isso. Nem teria sobrevivido ate aqui.


comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.05.2012 às 19:06

a solidariedade maçon é muito bonita
Sem imagem de perfil

De Vera Carvalho a 21.05.2012 às 10:42

Caro Rodrigo, pode dar cambalhotas com os argumentos da autoridade, mas não se esqueça que a incoerência é a morte dos sofistas. Pelos vistos existem sempre asfixias democráticas mais iguais que outras. Razão tinha o Orwell, os pretensos lutadores pela liberdade rapidamente esquecem os seus princípios liberais (ou marxistas) quando acedem ao poder.
Sem imagem de perfil

De Tiago Mouta a 21.05.2012 às 12:08

http://todospelaliberdade.blogs.sapo.pt/374.html

Foi há pouco mais de 2 anos que subscreveu o "movimento" acima, mas como entretanto são poder, já não dá para defender a liberdade de expressão...
Ah pois, Relvas não fez nada... Então porque pediu desculpa?
Sem imagem de perfil

De Rui Moreira a 21.05.2012 às 12:29

Caro RMD, se eu lhe propuser substituir o nome de "Miguel Relvas" no seu post pelo de "José Sócrates", é capaz de perceber a irrelevância do argumento?
Sem imagem de perfil

De Troca-Tintas a 21.05.2012 às 13:35

O double-standard é uma merda tão fodida.
Sem imagem de perfil

De Scolari da Administração Interna a 21.05.2012 às 13:39

Mas é óbvio, que toda a gente sabe, que foi o José Sócrates que *obrigou* o Relvas a fazer as ameaças. Ladrão!
Sem imagem de perfil

De Xarope d'Alho a 21.05.2012 às 15:23

Ó Moita, o teu mal é de intestinos
Vai cagar que isso passa-te
Sem imagem de perfil

De André a 21.05.2012 às 15:39

Facho e lambe-botas.
Sem imagem de perfil

De André a 21.05.2012 às 15:40

O Rodrigo era um bom substituto para o Relvas.
Sem imagem de perfil

De super_ae a 21.05.2012 às 22:41

este argumento é poderoso, pode ser aplicado em qualquer situação!

"ah, mas o indivíduo X vive há N anos em liberdade sem nunca ter posto os pés numa prisão, certamente que se fosse pessoa para fazer o que o acusam já teríamos dado por isso. Nem teria sobrevivido até aqui"

prevejo uma revolução nos tribunais

Comentar post