Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




antes que me corram do blog fico por aqui

por Rodrigo Moita de Deus, em 22.05.12

Eu gosto do Sérgio Lavos.

E digo-vos que é importante ler o Sérgio Lavos.

Verdade. Tem pouca lisura na pena. Mas compensa na força das convicções o que lhe falta em retidão argumentativa. E eu gosto do Sérgio Lavos.

Verdade. Tem excessiva queda para o adjetivo zoológico. Mas compensa a escassez semântica com o colorido das figuras de estilo. E eu gosto do Sérgio Lavos.

Verdade. Tem pouca velocidade no argumento. E alguma falta de agilidade na resposta. Mas compensa em intransigência o que lhe falta em retórica. E eu gosto do Sérgio Lavos.  

O Sérgio Lavos prefere escrever a ler. Falar a ouvir. Mas compensa em rigidez o que lhe falta em cintura. E eu gosto do Sérgio Lavos.

Sérgio Lavos é como é. É quem é. Sem pretensões, presunções ou ambições. Goste quem gostar. Não goste quem não gostar. É legítimo que não se peça mais do que isso.

Eu gosto do Sérgio Lavos. O Sérgio Lavos é que não gosta de mim.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De la Drang a 22.05.2012 às 23:08

Sem ambições, presunções, pretensões, convicções, (o autor deste texto se prosseguisse com este palavreado, de certeza que chegava àquele sitio que quando apanhamos uma cacetada dói como os ões.
Sergio Lavos politicamente é alguém pouco assumido, mais parecido com um quiróptero (não é rato e não é pássaro). No entanto ainda vai tendo coragem de fazer umas incursõesitas ao lusco-fusco, para devorar alguns ípteros que sugam o "sangue" do povo.

Que é totalmente o oposto daquilo que fazem os que o tentam vilipendiar.

Portanto e como diz o povo "cada macaco no seu galho e cada galo no seu poleiro".

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds