Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eu podia defender o Rodrigo e o Afonso

por Jacinto Bettencourt, em 24.05.12

mas limito-me a assinalar três coisas.

 

Em primeiro lugar: a crise orçamental que nos impede de pagar as dívidas dos hospitais às farmacêuticas deu origem a um corte no abastecimento de carbonato de lítio; só a suspensão no tratamento que lhe foi prescrito poderá justificar o regresso da indescritível e esquizofrénica criatura que dá pelo nome de Carlos Santos. Resta-nos saber que pessoa é Carlos Santos desta vez. Será agora defensor das liberdades sexuais e da adopção por transsexuais? Ou antes um pastor anglicano que acredita na graça do povo eleito? E por quem sofre ele: Benfica ou Sporting? Espera-nos certamente um longo desfile episódios tristes que terminarão com mais uma retirada blogosférica do professor maluquinho.

 

Em segundo lugar: existem pessoas (com quem Samuel Paiva Pires -- a quem de facto me unem algumas causas mas não o tom nem o desprezo que geralmente emprega -- insiste em confundir-se) que teimam em não perceber a sua real dimensão e, sobretudo, que não têm que ser consultadas previamente sobre o quer que seja. Diz-nos a experiência que os comportamentos mais caninos e ressentidos na política têm muitas vezes origem em pessoas muito inteligentes que julgam que a cidade deve um reconhecimento particular ao seu intelecto. Mostra-nos também a história que, por regra, o contributo dos comentários e críticas destas pessoas para o governo do país é incipiente. Julgo que o Samuel, que de parvo não tem nada, poderá fazer um esforço maior e evitar tornar-se mais um cretino intelectual. Será porventura suficiente recordar os seus lamentáveis comentários a propósito de um esforço não totalmente rigoroso mas certamente patriótico (e para o qual não foi tido nem achado) para que o Samuel, depois de alguma introspecção, me dê razão.

 

Em terceiro e último lugar: a acusação de que alguém deste blogue -- e logo o Rodrigo ou o Afonso -- é um "Abrantes" traduz não apenas uma injustiça de todo o tamanho mas, sobretudo, uma lamentável mentira de quem não fez um décimo do que alguns bloggers do 31 da Armada fizeram no combate ao Câmara Corporativa (e sempre sob as habituais ameaças, insinuações e revelações que fizeram do CC um blogue perigoso). Os acusadores teimam em não perceber que, nestas coisas, não basta ter um blogue: é também preciso também ter homens.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Imagem de perfil

De Réspublica a 24.05.2012 às 20:13

Não fosse o Câmara Corporativa ter fechado... ainda o abrantes lhe vinha responder que é a versão esquerda de Moita de Deus!!!
Imagem de perfil

De Gustavo a 25.05.2012 às 00:26

Conheci uma numerária do opus dei que se tornou lésbica, activista do BE e vegetariana.
Conheci um jovem nortenho esquerdista que depois de conhecer os luxos da cidade se fez monárquico e burguês.
Conheci um dos meus melhores amigos, socialista e laico que depois de uma experiência de quase morte abraçou o catolicismo e se filiou no CDS.
Também conheci muitos idiotas. Parece que esse Carlos Santos será um deles

Comentar post