Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eu que não sou de intrigas

por Rodrigo Moita de Deus, em 08.06.12

O Corporações acabou antes de rebentar o caso das secretas...


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De APREENSIVO a 09.06.2012 às 11:11

A modos que não há guito para a rapaziada, conezias fixes, sinecuras onde abancar.
Não há como esmifrar os potentados sem cheta e à beira da insolvência.
Quem governou, governou-se.
O resto anda à babugem, à espuma dos dias.
O paleio esquerdalho, mofou.

Ganhar a vida, é preciso.
Vergar a mola e baixar a bola.
É a vida!

Comentar post