Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




As virgens ofendidas

por Nuno Gouveia, em 09.06.12

A esquerda Syriza portuguesa, um sucedâneo armado ao modernaço da velha extrema-esquerda, em grande medida representada pelo pequeno BE, ficou extremamente ofendida por o CM ter publicado uma notícia sobre o vencimento bastante generoso do bispo das Forças Armadas. Claro que a esquerda Syrisa portuguesa rejubilou e atirou foguetes quando o mesmo CM publicou outra notícia sobre os rendimentos muito generosos de António Borges.

Os insultos quanto à notícia do bispo "Fazer Democracia" são variados, incluindo um textículo de um assessor do BE a dizer que o CM seria o órgão "lateral" do PSD. Esta idiotice do assessor da esquerda Syriza portuguesa, que tal como a extrema-direita vive do quanto pior, melhor e apenas cresce em países mergulhados no maior caos e na mais profunda desordem, como é o caso da Grécia, explica porque é que só com uma lupa se consegue hoje descobrir o pequeno partido de Louçã. PPM em boa forma.

 

Acrescento apenas que nada me incomoda o valor do salário de D. Januário. O preocupante nele são as suas palavras incendiárias e a ignorância que demonstra nos seus comentários. De resto, esta notícia do CM não é diferente de outras que fez com diversas personalidades. Os pequenos Syrizas, quando lhes dá jeito, são os primeiros a disparar. Desta vez ficaram-se pela crítica. É a vida.