Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Muito menos o próprio (explicado às criancinhas)

por Francisco Mendes da Silva, em 03.07.12

Que parte deste post é que os comentadores do dito não perceberam? O título? A última frase?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 04.07.2012 às 08:30

Francisco, pare para pensar.
A questão não é a necessidade de ser licenciado (ou doutorado) para se ser bom ministro. Não tem conta o número de ministros com estas competências que resultaram em péssimos governantes!
Para se ser um bom gestor ou um bom ministro não é necessário ser-se licenciado; mas um não licenciado, que se apresente como tal e como tal exija ser tratado, não deveria chegar a ministro. Nunca!
Não devia chegar, nem devia estar, entenda, ou será necessário fazer um esquema?
Sem imagem de perfil

De um não licenciado ou um não doutor a 04.07.2012 às 17:07

bolas atão távamos tramados

a maioria do nosso doutorado pelítico só tirou o doutoramento honoris causa

ódespois de tirar a presidência da repúbica ou a primeira ministreirice

tenham dó passaram metade da vida no exílio e a outra metade nos governos e na oposição..queriam que tivessem tempo para licenciaturAS e mestrados e notas 20...não dá

mesmo com profes amigos dos próximos senhores feudais deste país simplesmente nã há tempo

e como dezia nosso sou grego sou ares inda nem con seguiu tirar um licenciatura...atão diga que frequenta sempre é mais fino...

mas isso só pró rebotalho da 2ª divisão

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds