Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Muito menos o próprio (explicado às criancinhas)

por Francisco Mendes da Silva, em 03.07.12

Que parte deste post é que os comentadores do dito não perceberam? O título? A última frase?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.07.2012 às 10:08

Os comentadores já pararam para pensar que o Francisco estava precisamente a criticar a mentalidade bem instalada na sociedade portuguesa, e sobretudo na sua "elite política" (oximórico, eu sei), de que para se ser "alguém", é preciso ser licenciado?
E que é esta mentalidade que leva Sócrates, Relvas e quejandos (como o Vara, que foi pós-graduado antes de ser graduado... como a pescada, antes de ser já o era) a recorrer a expedientes que, legais ou não, não estão ao dispor de todos, gerando assim uma imoralidade que impede o livre e saudável exercício das funções políticas que venham a assumir depois?
Pelos vistos, aos comentadores aqui falta - se não uma licenciatura, que essa não é certificado de conhecimento algum, como está à vista - bom senso ou dois dedos de testa.
Sem imagem de perfil

De pronto, pronto o camarada tamém nã tem 1 a 04.07.2012 às 17:14

agente vende-lhe duas baratinhas

uma em Fobiologgia e outra em Oximoronloggia

oximórico eu sei

a vida são recordações

são como velhos calções

que eram d'aqui d'el rei

o camarada faz muite bem em nã perder tempo nessas tretas e ir directamente à source do cognoscimiento cum pimiento

agente quer lá saber se ele tem a 4ªclasse ou pareça ser analfabrute comme o jardim

agente quer é quelles nos façam rire
comme nosse suarez e nosse cabeça de abóbra e o de cenoura...

os polítiques doje sã muite tristes
dantes sim senhor berdadeirus cómicus ou come cus
havia de tude

Comentar post