Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




coisinhas simples II

por Rodrigo Moita de Deus, em 10.07.12

Este sábado, no Expresso, lá vinha um manifesto contra a privatização da RTP. Mais um. O último era de 23 de Setembro de 2010 (a propósito do projeto de revisão constitucional do PSD). Eu gosto da RTP. Mas os manifestos continuam sem conseguir explicar para que precisamos de 12(!) canais de televisão e 15(!) canais de rádio para prestar um serviço público que pode ser contratado a privados. Estamos em 2013. O muro de berlim caiu em 1989. Faz sentido o Estado ainda ter um grupo de media?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De tric a 10.07.2012 às 23:12

"Agora os médicos. Antes os pilotos da TAP e os controladores áreos. Não haverá alguém a fazer greve que realmente ganhe mal? No fundo, o país resume-se a isto: enquanto uma parte substancial se debate com baixos salários, desemprego ou dificuldades em manter um emprego, os instalados da vida, aqueles que têm o seu lugar seguro, dedicam-se às greves para manter os seus privilégios. É esta a equidade que pregam?"
.
a vossa equidade é tanta, mas esquecem-se das parcerias publico privadas...Os que estão instalados dedicam-se a adiar o mais que possivel a renegociação das parcerias publico privadas...o Governo não tem legitimidade para criticar qualquer tipo de greves, enquanto não renegociar as parcerias publico privadadas...a GREVE do Governo e da Assembleia da Republica à "renegociação" das parcerias publico privadas custam aos portugueses centenas e centenas de milhões de euros!!??...alguem tem que urgentemente acabar com esta "paralisação governamental e legislativa"...hierarquias militares cristãs ao poder!! Um Governo e uma Assembleia em Greve...só isso explica é que passado um ano as parcerias publica privadas e a rendas continuam tudo na mesma...a paralização deste Governo e da Assembleia da Republica ja custou muito caro aos portugueses...

Comentar post