Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




mais ou menos sobre a Madeira

por Rodrigo Moita de Deus, em 25.07.12

Entre bombeiros, equipamento, meios aéreos e área destruída, cada incêndio custa uma fortuna. O sistema está montado ao contrário. Quanto mais arde mais se gasta, maior o investimento. Há toda uma indústria que depende dos incêndios. E se em vez do estado remunerar o hectare ardido começasse a remunerar os hectares que não ardem? Que é como quem diz: vamos pagar para não haver incêndios em vez de pagarmos por incêndio.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De a cavaca nunca fez emparcelamento nem a 25.07.2012 às 14:59

cadastrou a floresta portuguesa

talvez por ser uma silva....

as estevas gostam é de mato..

de resto a reprodução do pinhal depende do fogo

as pinhas abrem depois do fogo passar por elas

já os sobreiros a cortiça protege o líber de queimaduras fatais

basta deixá-los bem encortiçados

é como a impunidade política quanto maior é menos se queima
Sem imagem de perfil

De Algarve a 25.07.2012 às 15:47

Nunca estiveste fora de Lisboa pois não?As pinhas abrem com o fogo?Os sobreiros teem um "fato contra o fogo"?Ardeu uma mata de pinheiros que era para urbanizar junto á universidade á mais de 10 anos e ainda não cresceu nenhum pinheiro.Ao lado do incendio em Sao Bras permanecem os restos dos sobreiros dos incendios anteriores.O PS se tivesse ganho as eleições em Faro tinha feito mais uma "Quinta do Lago" onde ardeu.Não foi por acaso que aquele incendio demorou mais de uma semana a apagar e quem o apagou realmente,por estranho que pareça e talvez caso unico,foi os bombeiros do aeroporto de Faro.
Sem imagem de perfil

De ó home tenho 14 sobrêros com 2 anos de a 25.07.2012 às 17:02

cortiça...

os que tinham cortiça de 12 e 14 anos no fogo de 2004 ficaram só com o sobro queimado e já o suber cresceu ...daqui a 2 anos o pessoal de martim longo e da sinagoga tira-lhes a cortiça
se ainda houver alguém vivo

e nã moro in lisboa...

e as pinhas são um mecanismo de protecção a fogos baixos e altos de baixa intensidade

se são de alta intensidade os fogos das copas explodem as pinhas e sai uma gravilha de pinhões das copas caem na terra

e pró ano há pinheiros mansos novos

a casca resite bué...

evidências simplex é ir ver os pinheirinhos da serra de grândola que arderam nos anos 90 em volta de cada resinosa explosão há bué de pinheirinhos de metro e meio a 2 metros...e ninguém os plantou

que o terreno é dos expropriados pelo estado nos anos 70 e 80...

se houver muito lixo e os pinheiros forem dos bravos é natural

as sementes dos pinheiros bravos são feitas para voar no ar quente dos incêndios

como dizem os médicos...merda meu eu nã tou aqui pra te dar aulas de mé di sina

um caso nã sã casos
a resina e os baldes de resina nos anos 80 explodiam e lançavam cacos...eram de barro...

Sem imagem de perfil

De Algarve a 25.07.2012 às 17:41

És o arabe dono do terreno que ardeu ao lado da universidade?Parece...olha,não cresceu nada como tu "prai" falas.
Sem imagem de perfil

De pinheiro bravo não é igual a manso a 25.07.2012 às 22:36

as sementes do manso planam e dispersam-se

as dos mansos caem torram e quando chove brotam

excepto se os ciganos os comem ou levam os pinheirinhos pra acender fogueiras

ê nã vou prós lados do estádio do farense há anos...
logo nã sey se sã Pinus silvester ou P.pinaster capitô

okay
parey

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.07.2012 às 15:13

Pena que a governança regional não se tenha incinerado.
AJJ e JR, são duas fontes de ignição. E descontroladas.

Sem falar no coelho maluco...
Sem imagem de perfil

De tenho medo que pegues fogo no cu a 25.07.2012 às 17:04

deita-lhe iágua pra ver se a con celhia te dá uns tustes na próxima legislatura

tinos de rans há muittes mê palerma

tens de con petir melhore

és un all berto juã muy pequerruchinhe
Sem imagem de perfil

De Algarve a 25.07.2012 às 15:50

O unico tipo com a mesma opinião que a minha.Desde o principio dos incendios no Algarve que o digo,aparece sempre muita gente vinda do nada a desmentir e a falar contra.Cuide-se que é dos poucos a dizer isso publicamente,a "agarrar o toiro pelos cornos".

Comentar post