Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




slow motion

por Rodrigo Moita de Deus, em 27.07.12

 

e depois lemos com atenção e descobrimos que "O período de análise foi de 1 de Janeiro de 2008 a 31 de Agosto de 2010, isto é, 12 meses anteriores e 12 meses posteriores à introdução dos painéis nas auto-estradas." Portanto...os últimos dados são de 2010. Estamos em Julho de 2012. Vamos ter que esperar por 2014 para sabermos se a gasolina está mais cara ou mais barata do que devia.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Daniel a 27.07.2012 às 12:32

Quanto custaram estes milhares de painéis electrónicos inúteis?

Quem pagou? Os utentes, Onde? No preço do combustível, está claro.

Quem foram as empresas fornecedoras desta brincadeira? Quem são os sócios gerentes ou os accionistas? Será que iamos descobrir umas caras conhecidas?

Isso é que eu gostava de saber. De resto, isto é mais um exemplo do desenvolvimentismo de propaganda do socialismo sócrates.
Sem imagem de perfil

De Tiago Mouta a 28.07.2012 às 02:19

Bom spin para o governo esta posta!
Completamente fútil se pensarmos que é transversal ao centrão.
Assim como todas as autoridades para as "concorrências", são pagas para não funcionarem ou funcionarem ao sabor das modas de quem paga...
Concorrência assim, todos sabemos que é desleal!
Claramente, um "não assunto"...
Sobretudo olhando para os preços da energia.
Sem imagem de perfil

De Triste a 28.07.2012 às 10:53

Somos um país de vigaristas e aldrabões.
Sem imagem de perfil

De Luis F a 30.07.2012 às 10:52

"Vamos ter que esperar por 2014 para sabermos se a gasolina está mais cara ou mais barata do que devia."

Não sei porquê. A gasolina é vendida ao preço que os seus vendedores estabelecem, logo não está mais cara nem mais barata do que devia estar.

Comentar post