Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O elogio merecido

por Nuno Gouveia, em 28.07.12

Já critiquei várias vezes a Ministra Assunção Cristas, mas, desta vez, deixo aqui o meu elogio à forma como liderou o processo que culminou na venda do Pavilhão Atlântico ao consórcio de Luís Montez e da Ritmos & Blues. A decisão de vender o espaço é desde logo merecedor de aplauso, pois não faz parte das competências do Estado possuir uma sala de espectáculos deste tipo. Espera-se do governo da coligação mais soluções do género para outro tipo de imóveis. Um processo que me parece defender os interesses do Estado, ao contrário do que era norma noutros governos. As críticas que já li por aí, desde ser Luís Montez a comprar o espaço ou mesmo ao valor acordado, não merecem grandes comentários. Montez é muito mais do que o "genro" de Cavaco Silva, e quem argumenta dessa forma parece ignorar todo o seu percurso no mundo da comunicação e dos espectáculos em Portugal. Só mesmo por má fé se podem agarrar a isso. Em relação ao preço, essa foi de longe a melhor oferta. Penso que o Rodrigo disse tudo sobre isso.