Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




...

por Rodrigo Moita de Deus, em 08.08.12

No total das modalidades e categorias estamos a falar de 906 medalhas para 205 países. Estatisticamente o dificil era não ganhar uma medalha.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 08.08.2012 às 15:49

Este regime de m... passou anos a fio a criticar os precedentes, mas então, como é que ficámos? Onde estão as medalhas dos tempos do atletismo nacional? Onde ficou o hóquei sobre patins? O tiro, a esgrima? Ficou-nos o futebol regimental que apesar dos milhões e dos vergonhosos conúbios entre o estádio e a política, não nos trouxe um único título até aos dias de hoje. O futebol encheu os bolsos à corrupção sistémica que se alimenta e alimenta os donos do poder e exaure os cofres públicos com betão e mais betão.
Parece fácil criticar a nossa gente e até pela lei da proporcionalidade, difícil é um país com 10 milhões de habitantes - grosso modo a população de Londres - conseguir um único prémio. Contudo, conseguem alguns dos nossos participar nas finais de diversas provas. O que custa para lá chegar? Muito! Começando com a total falta de auxílio por parte das entidades estatais do deporto, até ao total desinteresse do nosso "querido mecenato liberal-empresarial" - o estado dos nossos monumentos faz parte do lote da inépcia desse mesmo mecenato - , mais preocupado com jeeps, madeixas para as respectivas cônjuges, Mercedes para futura sucata, etc.
A nossa gente não faz, nem pode fazer do desporto profissão e aqueles jovens por vezes sobem ao podium por único e exclusivo mérito e força de vontade. Treinam em barracões após as aulas ou o horário de trabalho, são subsidiados pelos próprios ou pela família. Enquanto isso, temos russos, chineses e americanos - para ficarmos por aqui - copiosamente inundados de ajudas estatais ou privadas. Rodrigo, ainda esta manhã os nossos pobres atletas medalhados a prata, bateram os super-alemães. Que tal?

Em definitivo, além da liberdade de expressão* este regime já não serve e não presta, pois nem sequer está apto a formar civicamente a sua própria sociedade. Um desastre!

* E já não é pouco, pelo menos por enquanto.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds