Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fundações e selvajarias

por João Ferreira do Amaral, em 10.08.12

O nome de uma personalidade relevante, um objecto reconhecidamente meritório, uma pipa de massa sacada ao bolso dos contribuintes, uma enorme falta de vergonha... et voilà! Está criada mais uma fundação. Que é o mesmo que dizer, um punhado de empregos para os nossos profissionais da política.

 

A criação de uma fundação por um benemérito que lega a sua fortuna para fins de interesse social, cultural, científico, etc. é uma ideia tonta do passado. Hoje faz-se a mesma coisa com recursos do Estado e para exercer tarefas que são da responsabilidade ... do próprio Estado. A diferença, neste caso, é que os gestores gozam de maior autonomia e têm remunerações certamente mais atractivas do que se actuassem a partir dos gabinetes dos ministérios ou nas autarquias.

 

Mas fique sossegado, dr. Capucho. O "talibã" Gaspar vai com certeza cair em cima dos pensionistas mais pobres para o senhor poder manter de pé a sua "estátua do buda". E o museu pode continuar a não cobrar um único cêntimo a quem o visita. Faz todo o sentido.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De João. a 11.08.2012 às 04:34

O problema é que o gaspar é uma treta. há fundações que...como direi...ele parece não reparar.

http://aspirinab.com/julio/fundacao-casamento-perfeito/
Sem imagem de perfil

De Algarve a 11.08.2012 às 15:13

Deviam falar qualquer coisa sobre as centenas de milhões de euros que o Paulo Portas desviou dos submarinos e dos EH-101.Centenas de milhões de euros desviados ainda dá para dizer 3 linhas sobre o assunto ou não?É melhor não falar muito,o Paulo Portas ainda começa a falar da sua vida amorosa e ainda me faz sair o almoço pela boca....Alguem sabe quantas centenas de milhões de euros é que ele recebeu pela aquisição dos submarinos?
Imagem de perfil

De Gustavo a 13.08.2012 às 03:00

Ainda sou do tempo em que se falava das fundações com brior

Comentar post