Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




eu que o conheço

por Rodrigo Moita de Deus, em 25.08.12

O Correio da Manhã traz hoje a notícia da nomeação de "boy de Portas" para a administração dos CTT. E o PS já veio criticar a "opção política". O boy é o nosso Manuel Castelo-Branco. Vamos aos aspectos positivos da coisa. Em primeiro lugar não falharam o nome. É Castelo-Branco. Com ifen. Sem dois lês. Segundo aspecto positivo. Este é o conselho de admnistração de empresa pública mais chique depois de 74. Mete Lacerdas e Castelo-Brancos. Terceiro aspecto positivo. O CM não refere que o MCB é diretor ou administrador de empresas há 15 anos e que passou por empresas como a Unilever, SONAE, Media Capital ou a Reditus. Este aspecto é muitíssimo positivo porque assim escusamos de dar mau nome aos boys.

O que censuro na notícia é que o jornalista omitiu informação importante. O Manuel mais do que boy é um playboy.  

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Imagem de perfil

De Gustavo a 25.08.2012 às 19:55

Espera-se, com todo o respeito que merece, que não seja um playboy de portas
Sem imagem de perfil

De Prof. Sir Aiva a 25.08.2012 às 20:41

Ehehehehehehehe !!

Odemira-te !
Sem imagem de perfil

De Con Hífen ou con Hímen? a 26.08.2012 às 00:29

é que a mulher de césar deve parecer honesta

o césar taradão tadinho vulgo c.t.t. precisa de boys purquê?

o césar tibério trafulha não gostava mais de pretos?

o MCB (more cesar boys) é ou era? era ou é diretor ou administrador? ou era membro conselho bajulação
vulgo m.c.b. é que há diferenças de empresas há 15 anos...ou seja começou o ofício cedo tendo bons padrinhos ou uma con petência tão boa

que em 15 annos passou por pelo menos 4 segundo o deus das moitas

e que passou por empresas como a Unilever....em quê pasta de dentes? detergentes?, SONAE quê? SGPS industrial?, Media Capital ou a Reditus....ou seja em 15 anos foi passando de empresas em que se faz alguma coisa até empresas de púbicas relações é isse ó deus das moitas?

é que na bíblia não há management curiousity boys
com ífen no hí-fen ma há ~
mangedouras completas-bárbaras
e há manajumentos culturaes bifocaes

pois até pode ser que tenha sido tão bom gestor que só o aguentavam uns aninhos em cada empresa

não sey mas vae fazer o quê numa empresa falida que só dá lucro graças aos envios e con tratos estataes?

é tal y qual a explicação da RTPê do orelhudo

vasmos gastar 180 milhões e temos 60 milhões de receitas publicitárias

não comemos do orçamento porque temos garantido um imposto especial de 145 milhões

logo damos 25 milhões de lucro....

Vês ó moital se fôr um administra a dor da categoria do orelhudo que escreve matacõees de 600 páginas
os C.T.T (camaradas tamos tramados) vae ser peor cas con tásse da RTPê
Sem imagem de perfil

De Algarve a 25.08.2012 às 20:28

Os CTT sempre foram uma podridão em boys.Já com o Horta e Costa parecia uma garreia de gatos para ver quem roubava mais,até um oficial das forças armadas estava na administração.Portugal está podre!!
Sem imagem de perfil

De Bic Laranja a 25.08.2012 às 22:36

E maçon cheio de talento também, quási apósto.
Cumpts.
Sem imagem de perfil

De há masson's cheios de talento? a 26.08.2012 às 01:11

então não precisavam ter ido para mações né...

deve ter sido forçado...
Sem imagem de perfil

De Bic Laranja a 26.08.2012 às 09:40

Talento não é talento. É nome de agências de recursos humanos para distribuir os irmões pelas telecões da praça. O talento é esse: povoar de irmões fiéis os nós da vida mercantil. Veja o exemplo da magistratura ou continue com piadas, como queira.
Cumpts.

Sem imagem de perfil

De Anonymus a 25.08.2012 às 22:54

O que nós aprendemos ao visitar o 31 e ler os posts deste Moita.
Sem imagem de perfil

De Tens personalidade múltipla é? a 26.08.2012 às 00:39

ou a crise é tanta que se masturbam em conjunto para poupar electricidade a ver a pornochanchada internética

na internet só se desaprende...
desde que se apanhe o sinal dos outros fica barato

mas e carregar a batteria desta merda...
por ligação direta à bateria dos carros num dá meu...

pronto meus...

tens alguma personalidade que jogue pó ker?
Sem imagem de perfil

De luis.marinho@excelformacao.pt a 25.08.2012 às 23:15

Ora então vamos lá rever a matéria.....por "puro prazer" :) http://www.publico.pt/​Pol%C3%ADtica/​experiencia-em-gestao-ditou​-nomeacao-de-dois-exsocios​-de-secretario-de-estado-1​465104
Sem imagem de perfil

De excel desenformado a 26.08.2012 às 00:35

olha que os que lá estão também não são grande cousa

é como o orelhudo como diretor da RTPÊ pode sempre entrar outro que nem sequer percebe que impostos nã são receitas da empresa

é por isso que se chamam impostos

claro pode-se chamar receitas extra-ordinárias

mas de qualquer modo seja em selos ou em pareselos
quem paga os lucros desses CTT's e RTP's curiosamente são todos os gaijos quer apanhem ou nãso sinal de TV ou mandem ou não cartas...

e mandar cartas hoje só o estado e a banca ...e mesmo essa prefere enviar pdf's....

e folhas de excel...ência

luís marinho pinto?

pinta...pá
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.08.2012 às 01:14

Então, no ano passado queixavam-se que já haviam passado não sei quantos meses de governo e ainda não vos tinham sido distribuídos os respectivos tachos. Quem espera sempre alcança.
Sem imagem de perfil

De Então, no ano passado, queixavam-se de q a 26.08.2012 às 01:18

Esta canalha do Porto, ainda é pior que estes ífen's com hífen.
Só com raticida se salva a noção de nação.
Sem imagem de perfil

De E não se diz tacho...são Thalassas a 26.08.2012 às 01:21

Diz-se Mercê, bolas estes nhurros são tão básicos.
Não têm a finesse de vossas mercês.
E não se diz, diz, escreve-se diz.
Sem imagem de perfil

De Se o Boy é vosso fiquem com ele a 26.08.2012 às 01:15

Para que é que querem impingir os boy's a outros.~
Quem quer boy's é só seguir a vera Cruz.
Sem imagem de perfil

De Ricardo Ferreira a 26.08.2012 às 03:16

Claro... mas se fosse o Socrates a nomear algum boy conhecido de alguém já era um escandalo....

E alias, ser administrador de empresas é um currículo e peras, até o Passos Coelho foi administrador de empresas e olhem o resultado...
Sem imagem de perfil

De Aldino Peres a 27.08.2012 às 04:07

O resultado igual a M****. Se não sabem vejam o seguinte link. Os indivíduos que elegeram este sujeito deveriam levar pelo menos 50 chicotadas e depois de mortos não terem direito às famosas 70 virgens.
http://verdadeirolapisazul.blogspot.pt/
Sem imagem de perfil

De bush of god a 26.08.2012 às 14:46

Ifen? Andas a comer as palavras, ó playboy da muxagata? Um acento e um h? És como o Ronaldo: um tremendo comedor!!!
Sem imagem de perfil

De CruzCruz a 27.08.2012 às 00:34

Para quem trabalha há cerca de 30 anos em instituições públicas ou equiparadas é perfeitamente normal mudar de "chefes" com uma cadência normal: de 3 em 3 anos, raramente chegamos aos 6 anos.
Ao fim de alguns mandatos, começa a ser perfeitamente indiferente a côr ou partido a que pertencem os "timoneiros" do nosso local de trabalho, sim, de trabalho e não meramente emprego.
De cada vez que há uma mudança só ansiamos que sejam pessoas com formação pessoal, caracter, e já agora, e só se for possível, verdadeiros estudos curriculares e visão, algum horizonte para que todos possamos ir mais longe e levar a instituição onde trabalhamos e aqueles que dela dependem mais longe.
Pelo que tenho lido sobre este assunto, estamos perante o caso típico de um "moitão" de gente com inveja por alguém ter sido nomeado para um trabalho, quando pensam que foi para um "lugar"... Sim... porque até quem vem da privada pode efectivamente trabalhar sem se acomodar aos ditos lugares!
Não ouvi hoje o Marcelo Rebelo S. nos seus comentários mas seguramente só deve ter dito uma coisa do género deixem o homem trabalhar e, como falamos de correios, vejam como ele "leva a carta a Garcia".
Se disse outra coisa, não devo ter perdido nada, estive a ver a gravação do Top Chef!
Sem imagem de perfil

De José Tomaz de Mello Breyner a 27.08.2012 às 14:32

Rodrigo

Os comentadores aqui são do mais ordinário que tenho visto. Como é possivel haver aqui gente ordinarissima. E claro todos anónimos.

Comentar post


Pág. 1/2