Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A maçonaria portuguesa sobreviveu à inquisição, à "viradeira", ao miguelismo, à bula In Eminenti Apostolatus Specula, ao Estado Novo e, até, a ter o grão-mestre presidente da SLN.

 

Mas, agora, apareceu-lhe o copy/paste.


comentários

Imagem de perfil

De João Távora a 01.09.2012 às 22:06

Portugal merecia um partido democrático livre de maçons. Uma questão estética, coisa de somenos importância, claro.

Abraço
Sem imagem de perfil

De ghj a 02.09.2012 às 03:49

A coisa podia começar pelo CDS.
E, já agora, pela entourage do Duque de Bragança.
Imagem de perfil

De João Távora a 02.09.2012 às 14:23

É desejável a confluência de diferentes "facções" e "tendências" à volta da Casa Real portuguesa a quem cabe representar a Nação no seu todo.
Tal já me parece uma aberração num partido político, que deverá defender com coerência a "parte" que representa.

Comentar post