Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Exercícios revigorantes

por Rodrigo Moita de Deus, em 14.09.12

De cada vez que perco a fé no meu governo vejo uma declaração de António José Seguro.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De alx a 14.09.2012 às 13:38

aliás, continuo a achar que há uma linha qiue separa os dois. de um lado um governo, que por muito que nos custe, me parece a a tentar fazer alguma coisa (se boa ou má, é outra questão), do outro um senhor que mais valia ser comentador político... porque deve imaginar que, afinal, o memorando da troika, era para comentar, não implemetar...
Quanto à unanimidade que se está a reunir na revolta ás medidas do Governo... é verdade, reconheço-a; mas continuo a dfesconfiar dos moviemntos "apartidários" que têm porta vozes bem conhecidos... e ainda, começo a achar piada aos "grandes" bebeficiários da coisa pública que até aqui achavam que se tinha de fazer alguma coisa... já não os entendo, agora, quando afinal o fazer alguma coisa implica mais do que uns cortezitos na suas mordomias mas implicam re-estruturar a ideia de sociedade que temos....
se estamos no bom caminho? não sei. tenho, apenas, a sensação que desta vez não temos uns governantes a negociar sobreiros, bancos ou outletes... temos alguns políticos que desesperam por encontrar algumas soluções para o país... por isso não entendo as vozes ofendidas e detentoras da SOLUÇÃO... desconfio delas! tanto como da certeza do efeito das medidas!!! o que não me dá o direito de usar o vernáculo, sempre que falo dos políticos actuais... já os do passado que criaram um sistema que AFINAL não funciona para as gerações FUTURAS (E ACTUAIS) mas que à força toda querem perpetuar porque ASSIM IMAGINARAM UM DIA... já isso tem nome e de doença...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds