Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É um clássico. Chove e a cidade inunda. Os carros deixam de passar e não se pode andar na rua sem acabarmos com as meias molhadas. E depois explicam que "choveu muito" como se em Bruxelas e em Londres não chovesse assim todos os dias. 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Pisca a 07.12.2012 às 02:01

Depende da cidade, caso não saiba, em média chove muito mais em cidades como o Porto, Braga, Viana, etc, do que em Londres ou Bruxelas. E mesmo Lisboa, é dada a perturbações de sudoeste, em que apenas nuns dias pode chover muito mais do que em meses em Londres. Não acredite em tudo o que ouve no elevador.
Sem imagem de perfil

De é um clássico é como a ana lise a 08.12.2012 às 02:25

os 33inches de rain in the plain seja em inchon ou en inxados podem cair en bátegas en qualquer cidade

só que londres nunca canalizou completamente a sua rede hidrográfica

já em lesboa os lesboetas como en lesbos são uns atrasados mentaes do caralho...

mas fazem analises a explicar porqué que uns inch's de rain in duas ou 5 horas são drenadas muito mal em 400 km2 derede hidrográfica cimentada
Sem imagem de perfil

De 1928 the thames inundou bué né a 08.12.2012 às 02:45

picos de cheia qualquer bacia hidrográfica tem

bastam cahir umas dezenas de litros nuns milhões de metros quadrados de moitas...
Sem imagem de perfil

De Luis de Portimãp a 08.12.2012 às 16:51

Enquanto houver comentadores como o senhor, não vamos a lado nenhum
*prque prender quem construiu???
A corrupção não fica nos construtores
Quem devia ser preso, prenho e entregue ao governo era quem aprovou os projectos, os pagou e os fiscalzou.
Mas ficam impunes e de bolsos cheios
Sem imagem de perfil

De prque prender? a 09.12.2012 às 02:26

ora pra dar o exemplo e um bode és pia tório
é melhor que um bode velho da casa pia
que o diga o bode mAd off...

ou como diz um bode velho
acautela-te senão vão-te aos cornos como me queriam ir na marinha grande...

comme entalhadores
até o pedro sommer dos sommer's se anda a queixar

iste tem de ter um bodezinho expia o tório iraniano qualquer

é preciso que deêm umAs corridazinhas pra ficarem no mesmo lugar já lá dizia a queen quera red...

a mulher do mao-mao...capisce...num capichas...
pois a con tece
Sem imagem de perfil

De henrique pereira dos santos a 07.12.2012 às 06:44

Rodrigo, tem toda a razão em protestar com o desleixo da câmara de Lisboa na gestão do sistema de escoalmento de águas pluviais, começando pela indiferença pelo entupimento permanente de milhares de sarjetas. Mas não tem razão com a comparação com Londres, onde anualmente chove mais ou menos que em Lisboa, a diferença é mesmo a distribuição diária: em Londres chove muitas vezes menos chuva, em lisboa chove muito menos vezes, mas de forma muito mais intensa. O Rodrigo não tem a obrigação de saber isto, mas a Câmara tem e gerir o sistema de escoamento a contar com isso, evidentemente.
henrique pereira dos santos
Sem imagem de perfil

De Cata a 07.12.2012 às 11:45

o problema não é de quem constrói, mas sim de quem faz a manutenção e/ou encomenda o projecto!
os tipos das obras, fazem o que está nos desenhos, os desenhos são feitos pelo projectistas e estes fazem o que o dono de obra encomendou... só que por vezes (muitas) está mal planeado!
o escoamento das águas pluviais e domésticas é um problema grave em Portugal que vai demorar a ser resolvido, por 1) não haver dinheiro agora e 2) nunca existir vontade política.
Sem imagem de perfil

De pata....lisboa e seu termo de empatas a 08.12.2012 às 02:49

nã ó moita o ano passado mal choveu...

fizeram tudo entulhadinho e taparam as ribeiras todas ou fizeram-nas esgotos como a ribeira das naus dos maus-maus

queriam o quê por amor do deus que dá en moitas....
Sem imagem de perfil

De F Brandão a 07.12.2012 às 10:31

Rodrigo, já aqui foi dito e estarei a repetir, mas na verdade, se não estou em erro, apenas numa capital europeia chove em média mais do que em Lisboa. Estranhe-se ou não, é Roma.
Lisboa tem a precipitação concentrada em 3 ou 4 meses, o que faz com que quando chove, é com vontade. Concordando com o que alguém também já disse, isso não é desculpa para que as coisas não sejam planeadas. Não é um fenómeno novo e não faz sentido que todos os anos seja a mesma conversa. Houve um senhor que há 3 meses bem avisou o presidente da CML que não havia sarjetas no Marquês...
Sem imagem de perfil

De ora 90 ou 120 dias a 08.12.2012 às 02:53

com metade disso em chuviscos não inunda nada

o que inunda são mais de 3 litros por hora durante umas horitas

nã há escoamento num sítio com maré alta....

devia chover só fora das maresias

e das ribeiras claro

metem aquela água nas riveiras

abram um buraco e metam-na no metro

o de londres deu um jeitão en 1928
Sem imagem de perfil

De esse antonio a 07.12.2012 às 11:09

É curioso como todos os comentários até agora tentam, de uma maneira ou outra, desculpar os responsáveis por estas inundações. Por estas e por outras é que não passamos da cepa torta... Ah! mas se a culpa fosse do governo...
Sem imagem de perfil

De o marquês de pombal inda mexe? a 08.12.2012 às 02:56

o afonso costa que encanou os ribeiros em avenida desde a rotunda

ou o bisneto cama do erário dele qué monhé?

costas do castelo

e condes de castelo melhor dá niste
Sem imagem de perfil

De salazare? com as cheias mai cheias? a 08.12.2012 às 02:59

que rebêro dos telles nos salve

e nós lhe daremos mercê

de dar mercês a bossemecê..

voltem thalassas estaes perdoados

viva a thalassocracia

abaixo a velhotocracia gerontocrática com manias de mandar nas ágoas

carrada de moisés sem vara (ao ar mando) de jeito
Sem imagem de perfil

De F Brandão a 07.12.2012 às 11:22

Está completamente enganado. Não pretendo desculpar, acho que no caso da CML o presidente que está em funções é o mais miserável de que há memória e tem beneficiado de uma imprensa que o coloca num pedestal. A sua única preocupação é impossibilitar o trânsito na cidade e nada mais que isso. O que faz sentido para quem vive em Sintra e tem motorista... Acho ridículo que todos os anos se tenham cheias e ninguém ache isso anormal.
O reparo é feito para que não se utilize um dado errado porque atira rapidamente um argumento abaixo.
Talvez estejamos na cepa torta porque nem toda a gente pensa antes de falar...
Sem imagem de perfil

De Tony Ramos a 07.12.2012 às 12:06

E sobre o pronunciamento patriótico do Prof. Balbino Caldeira, nem uma palavra...
Sem imagem de perfil

De Luis Damião a 07.12.2012 às 14:12

Como o Rodrigo devia saber chove de forma diferente, cai mais agua num menor espaço de terreno e de tempo. Assim aconteçe.
Sem imagem de perfil

De é verdade inundações na inglaterra a 08.12.2012 às 02:42

jamé

aquilo é água que deixaram aberta...

Sem imagem de perfil

De Blondewithaphd a 07.12.2012 às 15:09

Desde que cheguei cá que me faço a mesmíssima pergunta. Já lá vão uns anos valentes.
Sem imagem de perfil

De murphy a 07.12.2012 às 16:39

Entre os "filhos e os enteados" da comunicação social potuguesa, António Costa está claramente entre os filhos predilectos...

http://jornalismoassim.blogspot.pt/2012/11/dr-mario-soares-vs-dr-mario-soares.html
Sem imagem de perfil

De Algarve a 07.12.2012 às 17:40

Se oa militares em vez de andarem a passar o tempo a embebedarem-se nos quarteis limpassem as sarjetas como aquele senhor está a fazer,o problema era muito menor.Para que é que servem os militares?Para embebedarem-se de borla nos quarteis,viajarem de borla nos comboios e ainda receberem um brutal aumento de ordenados pagos pelos contribuintes?Que bando de inuteis!!
Sem imagem de perfil

De ó algarvio sem infantaria a 08.12.2012 às 02:35

as sargetas os rios encanados numa cidade como a de faro pouco acima da linha da maré num se resolvem com limpeza de ribeiros e sargetas

só demolindo tudo como queria o thalassa ribeiro dos telles e usar o entulho para elevar o nível cultoral da palhaceira nazional

o nível d'água sobe pois há muita canalha a meter água
e é canalha velha que verte muita água
só ares de todas as cores e peidos velhos que atraem admirações do zé pagode

e gente que faz ana's lises sobre essas gorduras estatais

viva alberto joão o verte-águas das ilhas
e só ares de al zeitung...

ê só zei que nada zei...

e mêmo assis
Sem imagem de perfil

De o probrema é não limpar as moitas a 08.12.2012 às 02:39

que nos atulham o país

umas são moitas de deus outras são moitas do grande arquitecto

mas tão a encher o leito dos esgotos a céu aberto que passam por ruas e ruelas desta nação amassada em massapão

Comentar post


Pág. 1/2