Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Foi há 105 anos e Portugal continua órfão

por Nuno Pombo, em 01.02.13

Hoje, passam 105 anos sobre o assassinato do Rei D. Carlos e do seu filho, o Príncipe Real D. Luís Filipe. Um dia triste, portanto. A falta que nos fez aquele Rei... A falta que nos faz um Rei, hoje mesmo.   

 

O Regicídio é tanto mais ignóbil quanto ninguém acredita que fosse um desejo do povo. Seria apenas o anseio de uns poucos, tão vis quanto o acto. Não foi um assassínio qualquer, uma obra de loucos. Sabiam o que faziam e foram directos à raiz da árvore, causando um golpe profundo. E era mesmo isso o pretendido, decepar a raiz. Para ir secando Portugal. 

Leonor Martins de Carvalho

 

Haverá Missa de Sufrágio em S. Vicente de Fora, às 19h.

Autoria e outros dados (tags, etc)