Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




inflação galopante

por Rodrigo Moita de Deus, em 08.03.13

9 de fevereiro: Defesa dispensa 13 mil pessoas

7 de Março: Governo dispensa 40 mil pessoas

 

Em apenas um mês os despedimentos na administração pública passaram de 13 mil pessoas na defesa para 40 mil pessoas em todos os ministérios. A diferença entre as duas notícias são 27 mil pessoas em 26 dias. Mais ou menos 1000 funcionários públicos por dia. A este ritmo chegaremos a Junho com capas de jornal anunciando 123 mil "dispensas" em toda a administração pública. Informo que a primeira notícia foi desmentida no dia seguinte. Pelos vistos não serviu de nada.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De reformas antecipadas ficavam mai baratas a 08.03.2013 às 19:17

com a idade média do funcionário público nos 52 anos

excepto con tratados

e há mais de 120 mil a quererem ir-se embora

só na educação arranjam metade dos 123000

daqui a 8 anos em euros ou em escudos

nã há um único que se reforme aos 67

com a reforma que leva agora aos 57 ou 59

ou aos 55 se fore prá reserva donde nunca mais se sai...

quantos ex-chefes de estado maior e almirantes consultores de submarinos já passaram da reserva prá reforma ó arbusto...

pô is...Socrates part II bou arreformar o estado

adesculpem mas arreformei-me a mim primeiro

o estado nã sã números sã pessoas

e sã tantas que vais ter muita con corrência nos vídeos pornographicos pra alimão ver

entra já na função púbica pra arreceberes a indemnização pá...
Sem imagem de perfil

De Algarve a 08.03.2013 às 23:01

Não é isso que se vê,cada vez vê-se mais tachos topos de gama que não existiam,tachos criados á medida das pessoas que entram,e cada vez vê-se menos pessoas para trabalhar.A podridão cada vez é maior no estado e cada vez á menos controlo,é tudo a roubar como nunca se viu antes.
Sem imagem de perfil

De antes havia mais pra roubar a 09.03.2013 às 02:31

logo é difícil fazerem-se ao ´sokras...

têm mesmo uma travalheira a carregar o saque...

não têm chaves suficientes...

já a venezuela usa mangalhones pra abrir os cofres
como socras o grego disse são inquebráveis

estes inda tão muito verdes

nã admira são relvas
Sem imagem de perfil

De Algarve a 12.03.2013 às 18:17

Antes havia mais para roubar,havia era menos pessoas a roubar.Estes PSD sao mesmo gatunos,quem diria,devia de haver um local onde pudessemos denunciar o que eles andam a roubar ao estado.
Sem imagem de perfil

De Rui Almeida a 09.03.2013 às 11:39

Epá desculpem mas não tenho grande pena das forças armadas, isso apenas contece quando estamos em gerra, o que felizmente não sucede há muito tempo.

http://pantominocracia.blogspot.pt/
Um espaço de opinião que nos leva da Democracia à Pantominocracia
Sem imagem de perfil

De em gerra é melhori qui guerra? a 09.03.2013 às 17:59

um coronel que não chega a brigadeiro compra menos mercedes para os filhos

logo menos impostos pagos

pois a maioria dos impostos nacionais são IVAi
e ir-se

geralmente tudo dirigido ao biegas
Sem imagem de perfil

De silva a 09.03.2013 às 14:43

http://revelaraverdadesemcensura.blogspot.pt/2012/07/descobrir-realidade-casino-estoril-uma_9779.html?showComment=1357944706515

Comentar post