Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




democracia, segundo Soares

por João Ferreira do Amaral, em 12.04.13

A minoria que se apoderou do país em 1910 estabeleceu um regime exclusivo para republicanos, restringindo parte das liberdades de que ela própria gozara durante a monarquia constitucional. À bandalheira seguiram-se 48 anos de partido único e de ditadura, só terminados em 1974.

Talvez apoiado numa Constituição que nos obriga a todos a caminhar para o socialismo, Mário Soares considera que só os socialistas têm legitimidade para liderar órgãos de poder político. Tal qual como Afonso Costa e Salazar em relação aos respectivos correligionários. Não há nada a fazer. Parece ser intrínseco aos republicanos.

O que já não pode ser tolerado no Estado de Direito do século XXI é este tipo de discurso com ameaças sicilianas. Mesmo tratando-se de uma afirmação cretina, espero que o Ministério Público esteja atento e actue se houver matéria criminal.

 


comentários

Sem imagem de perfil

De Antonio a 13.04.2013 às 20:02

Mau. Soares é um homem MAU.
Sem imagem de perfil

De Luis FA a 13.04.2013 às 21:31

... que se entregou há muito tempo a uma luta por aquilo que ele entende como a melhoria das condições de vida dos portugueses. Pode gostar-se ou não, mas merece ser respeitado. Respeitar os adversários, mesmo não deixando de argumentar vivamente com eles, é prova de um tipo de "superioridade" e emancipação intelectual que raramente vemos cá na terrinha.
Agora quanto a "mau", mau mesmo é o PPC, que foi eleito pelos portugueses para fazer o que prometeu e agora pretende "reformatá-los", e ainda por cima parece que nós, os cidadãos lhe devemos qualquer coisa. Que vá reformatar o raio que o parta!...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds