Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




democracia, segundo Soares

por João Ferreira do Amaral, em 12.04.13

A minoria que se apoderou do país em 1910 estabeleceu um regime exclusivo para republicanos, restringindo parte das liberdades de que ela própria gozara durante a monarquia constitucional. À bandalheira seguiram-se 48 anos de partido único e de ditadura, só terminados em 1974.

Talvez apoiado numa Constituição que nos obriga a todos a caminhar para o socialismo, Mário Soares considera que só os socialistas têm legitimidade para liderar órgãos de poder político. Tal qual como Afonso Costa e Salazar em relação aos respectivos correligionários. Não há nada a fazer. Parece ser intrínseco aos republicanos.

O que já não pode ser tolerado no Estado de Direito do século XXI é este tipo de discurso com ameaças sicilianas. Mesmo tratando-se de uma afirmação cretina, espero que o Ministério Público esteja atento e actue se houver matéria criminal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Alexandre P a 13.04.2013 às 11:33

Caro João Ferreira do Amaral: Mário Soares não engana ninguém. A senilidade está a deixar a descoberto aquilo que ele sempre foi: um criminoso, que só é a favor do Estado de Direito, quando ELE é o Estado de Direito. Não me esqueço da "Ditadura da Maioria". Não me esqueço das vítimas (brancas e negras) de uma descolonização criminosa feita às três pancadas. Não me esqueço do branqueamento de uma primeira república, em que as mulheres perderam o direito ao voto (ironicamente, até Salazar dava mais direitos políticos às mulheres do que a corja da primeira república). Há uma coisa que eu espero, é que este senhor nunca venha a ter o mesmo destino do rei que em tempo de crise doou 20% das suas dotações ao Estado, para ajudar o país. Porque Soares não merece ser feito mártir, e não merece morrer como um herói. Ele merece ser julgado, condenado, e esquecido por todo o mal que fez aos Portugueses. A única coisa boa que ele fez foi ter travado Cunhal, mas essa dívida, os Portugueses já a pagaram há muito: com escudos, euros, e muita tolerância. Demasiada, até. Cumprimentos.
Sem imagem de perfil

De doou 20 em 100? a 16.04.2013 às 20:47

generoso meu....
aqui no deserto chama-se a isso iva da restauração e é mais alto ó reinol

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds