Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




espanholices II

por João Ferreira do Amaral, em 12.08.13

O pequeno mas estratégico território de Gibraltar foi conquistado aos mouros em 1462 pelo duque de Medina e Sidónia, passando a integrar os domínios de Henrique IV de Castela. Em 1704, durante a guerra de sucessão de Espanha, ingleses e holandeses, em luta pelo partido do candidato Habsburgo ocuparam militarmente o "rochedo". O conflito resolveu-se na paz de Utrecht em 1713: Filipe V de Bourbon ficava definitivamente no trono de Espanha, e este reino, por sua vez, cedia as possessões dos países baixos à Áustria e a ilha de Menorca e o território de Gibraltar à Inglaterra.

Portanto, durante a "época cristã", Gibraltar esteve os primeiros 242 anos na posse de Castela/Espanha e pertenceu à Inglaterra nos últimos 309. De facto e de jure.

Só os habituais "cristovãos de moura", "migueis vasconcelos" e outros imbecis do mesmo género podem, também neste caso, aceitar o "direito divino" de Madrid dominar tudo e todos na península ibérica.

A dimensão do território de Gibraltar pode ser pequena mas a ganância dos espanhóis é a mesma de sempre e que Portugal deve obviamente continuar a fazer questão de contrariar.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De só não digo que é um ar jumento estúpido a 12.08.2013 às 01:18

Porque os Amaraes têm tendência a cahir da cavalgadura e a bater com a moleirinha no escudo....

ora obviamente se nós colónia grega a quem zeus deu uma poia por rey numa praia com luz ou lux

somos colonialistas por natureza

já os normandos são-no por nexexidade e se conquistaram os anglo-saxões e pilharam o club med durante uns bons centos de anos

obviamente esses piratas do catano têm mais direito a gibraltar para atracarem os drakkars noires ou semi-escurinhos e deitar penedos cimentados aos mouros de algeciras

já os cabrões dos mouros de algeciras não têm direito ó torrão deixado de herança pelos cartagineses aos godos que ocuparam o norte de itália ao berlusconi


claro se os espanhóis têm olivença e se os de olivença nem querem ser portugueses nem com isenção fiscal

atão oviamente olivença é dos barões normandos e do robin dos bosques

isto so bosque não ardeu como acontece todos os verões....

é muito triste chegar à idade terminal de jovem agricultor e pensar como um puto de 6 anos....

melhoras...

ou ao menos mantem-te estável
Sem imagem de perfil

De a caralhal figura a 12.08.2013 às 21:43

Tanto os castelhanos como os bifes não passam de robins dos broches.
Sem imagem de perfil

De O Bronco a 12.08.2013 às 12:48

Prefiro os herr manus.

Contrariemos então.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.08.2013 às 14:03

na época cristã os PALOPS foram tugas mais de 400 anos e independentes 40 anos.. vamos todos para Angola e em força?

temos essa legitimidade de facto e jure?
Sem imagem de perfil

De jeremias contente a 13.08.2013 às 11:33

Mas os PALOP, à excepção de Cabo Verde e São Tomé e Principe que não eram povoados antes da colonização portuguesa, tinham sido independentes e estiveram sob o domínio das suas populações africanas por bem mais do que 400 anos...

A questão aqui, ache-se ou não ridículo que o Reino Unido mantenha aquele território sob seu domínio, é que foi assinado um tratado entre as duas partes interessadas e este não pode ser quebrado unilateralmente.

Mas mais do que ganância dos espanhóis, vejo isto como um circo mediático para afastar as atenções do escândalo de corrupção em que Rajoy está envolvido. E, por sua vez, Cameron deve ter esperança de subir a sua popularidade como Thatcher fez nos anos 80.



As novas
Sem imagem de perfil

De Orlando Sousa a 12.08.2013 às 18:30

"....conquistado aos mouros....."
Aos mouros?!?!
Sem imagem de perfil

De a caralhal figura a 12.08.2013 às 21:47

Tem razão ó Soisa. Moiros, moiros é que é
Sem imagem de perfil

De antonio cristovao a 12.08.2013 às 22:00

a culpa do nosso atavismo começou em 1640! e calhou-nos os piores capatazes.
Sem imagem de perfil

De Manolo Heredia a 12.08.2013 às 22:32

Quem não tem swaps para dar ao povo, dá gibraltares...

vão-se entretendo...

Comentar post