Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




créditos finais

por Alexandre Borges, em 06.12.06
Ao longo dos anos, vinha formando, em silêncio, a convicção de que a eutanásia deveria ser legalizada e aceite. O sofrimento final, a velhice, a decrepitude, a solidão, as dores, a dependência, as camas dos hospitais, enfim, não deveria tudo isso, se um indíviduo assim o desejasse, ser evitado?
No entanto, ao longo dos últimos dias, assistindo ao estertor de Pinochet, uma outra verdade impôs-se-me, evidente e luminosa, diante do olhar: poderia lá um conservador ser a favor de uma coisa dessas… O Criador, é que sabe. Ele é que conhece os trâmites e prazos da obra. Quem somos nós para lhe ditar timings?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De defenderportugal a 02.12.2007 às 19:16

O problema é mesmo esse. A falta do Criador. Senão como podiam existir, Hitler, Estaline e Pol Pot. Mataram milhões de pessoas e ficaram impunes, nem um julgamento terreste sequer.
Filipe Fernandes

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds