Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




o que está em causa nesta convenção: as minorias

por Rodrigo Moita de Deus, em 02.06.07

Num partido de activistas militantes altamente doutrinários cada homem é um “ismo”. Ainda assim há minorias mais maioritárias que outras. A moção B é apresentada por um grupo que alguns carinhosamente tratam por “metralhas”. A moção C é apresentada pela Ruptura/FER.

A Ruptura/FER é das últimas tendências organizadas que aderiu ao partido. Para situar o leitor direi apenas que o texto “todos na luta. Na luta com todos” trata Chavez e Morales como traidores à causa popular. Ou seja, há extrema-esquerda e um pouco para além disso está a Ruptura/FER. Um híbrido entre o comunismo libertário francês e a disciplina interna do PC chinês durante a revolução cultural.

 

Pergunto-me sobre a utilidade desta adesão. O que ganha o bloco com estes rapazes? Será outra vez o sonho da “unidade de esquerda”? Parece-me ingenuidade acreditar que uns rapazes chamados “Ruptura” sejam capazes de se apresentar em "Bloco".

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Teixeira a 02.06.2007 às 13:36

Subscrevo.
Sem imagem de perfil

De Luis Oliveira a 02.06.2007 às 14:30

Ó Rodrigo acabe lá com essa merda que assim ainda me sinto forçado a juntar-me às fileiras da direita.

Comentar post