Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




produtividade grega

por Rodrigo Moita de Deus, em 08.07.15

O governo do Syrisa precisou de cinco meses e de um referendo para escrever uma carta.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De ó esquecido a 08.07.2015 às 22:14

Mas veja os grandes progressos sociais alcançados nestes meses.Os mais fracos são agora os que melhor estão.Reformas firmes e aumentadas,saúde que é um brinco.
E mesmo os jovens,nada desemprego como dantes.E vem o senhor falar duma carta,vá e veja.
Imagem de perfil

De Dulce Mendes a 08.07.2015 às 22:21

Algures, "Intergaláctico de Matrecos", cito a/uma newsletter sent (enviada) a/em 6 de Julho, ultrapassado o prazo p'rás inscrições. Pode ficar com a taça, Rodrigo.
"Que mais aventuras se adivinharão para Cristina Ferreira?" - "Notícias ao Minuto".
Roubar compensa.
Sem imagem de perfil

De ipsis verbis a 10.07.2015 às 14:16

Isto não é para amadores. Circula lá fora esta teoria: Tsipras e sus muchachos, após se aperceberem que estavam num beco sem saída, convocou o referendo convencido de que o SIM venceria. Isso possibilitaria aceitar os termos da Troika sem perder a face perante os gregos. O único que afirmou que se demitira na eventualidade do SIM era o ministro da mota que não tinha muitos admiradores na comissão europeia. Agora o engraçado será ver como vai ser a contorsão verbal de Tsipras perante os gregos que votaram NÃO massivamente.

Comentar post